sporting cabeçalho generíco

É com extremo desagrado que vejo a direcção do Sporting Clube de Portugal a alterar as suas prioridades, uma vez que vêm agora noticiar que o treinador Jorge Jesus vai poder usar a equipa principal na taça CTT, o que considero uma má opção.

A anterior política só nos trouxe vantagens: não sobrecarregou os jogadores da equipa principal com jogos que não nos trariam qualquer reconhecimento ou recompensa desportiva; permitiu que jogadores da equipa B e juniores se mostrassem e provassem o seu valor como possíveis reforços da equipa A; permitiu utilizar jogadores menos utilizados, permitindo a estes manter rotinas de competição e responder de uma forma mais eficaz e eficiente na hora de serem chamados à equipa titular.

Digo isto da taça CTT, como poderei dizer também da Taça de Portugal ou da Liga Europa, porque convenhamos que pouco ou nada acrescentam a um palmarés de grande clube, na minha opinião.

A Taça CTT não permite acesso a nenhuma competição europeia; já a Taça de Portugal permite o acesso à Liga Europa, mas um clube como o Sporting não pode depender disso para ter acesso a competições europeias. A Liga Europa, bem… Não sei, alguém se lembra de quem ganhou as últimas edições dessa competição (para além dos adeptos das equipas que as ganharam, e dos adeptos das equipas que as perderam na final… Ah! Posso estar enganado, porque os rivais dessas equipas também gostam de fazer historiais de derrotas das equipas adversárias para espalhar na Internet, e tentar esconder as suas próprias derrotas)? E o valor monetário da conquista da competição é irrisório para os orçamentos actuais dum clube grande.

Na minha opinião só existem duas competições que me enchem as medidas: o Campeonato Nacional e a Liga dos Campeões. Posso acrescentar aqui a Supertaça.

A Taça CTT deverá servir como rampa de lançamento de jovens na equipa A Fonte: Sporting CP
A Taça CTT deverá servir como rampa de lançamento de jovens na equipa A
Fonte: Sporting CP

A primeira por permitir que nos superiorizemos a todas as equipas rivais, e por nos permitir acesso directo à Liga dos Campeões (o segundo lugar também o permite – ainda –, mas é o segundo lugar). A segunda, porque nos permite arrecadar uns bons milhões, e veres a tua equipa entrar em campo ao som daquele hino é outra coisa (se bem que também tenha assobiado no momento do hino, pela forma como temos sido “roubados” – O Braz da TVI24 não o diria melhor – nessa competição). Quanto à Supertaça, é pelo facto de provares que continuas a melhor equipa no lançamento de mais uma época; simples.

Venho já fazer a ressalva de que eu quero sempre ver o Sporting ganhar todos os jogos, fico mal disposto quando isso não acontece, mas também fico assim quando perdemos jogos da pré-época, e esses também servem para pouco mais que nada. Fico chateado quando perdemos esses jogos, mas não fico extremamente feliz quando os ganhamos como fico com cada vitória no campeonato ou na Champions.

Taças para encher museus não me dizem muito; grandes vitórias e conquistas sim.

 

P.S: Estendo este texto às modalidades, porque o Sporting nunca será só o futebol.

Foto de Capa: Sporting CP

Comentários