Marcus Wendel chegou ao Sporting Clube de Portugal no mercado de inverno da época 2017/18, num negócio avaliado em 7.5 M€ proveniente do Fluminense. O médio leonino fez a sua formação no clube do Rio de Janeiro, tendo feito a sua estreia em 2017, temporada em que ao serviço do Flu realizou 59 jogos e marcou sete golos.

No entanto, na segunda metade da época 17/18, sob a liderança de Jorge Jesus, acabou por ser pouco utilizado disputando apenas 4 jogos. Todavia, esta temporada começou a escrever a sua história de leão ao peito, sendo titular indiscutível, quer com José Peseiro, quer com Marcel Keizer. Wendel ajudou a equipa do Sporting a vencer dois títulos – a Taça da Liga e a Taça de Portugal – somando 33 jogos, três golos e cinco assistências. Mostrou-se um jogador tecnicamente evoluído, com boa meia distância, capacidade de transporte de bola, boa qualidade de passe e visão de jogo, forte na transição defensiva e com índices de agressividade e intensidade elevados.

Para o médio do Sporting, a temporada terminou com mais um título: a vitória no Torneio de Toulon 2019. Wendel foi chamado por André Jardine à equipa sub-23 do Brasil. Nesta competição, disputou os cinco jogos, tendo marcado um golo na vitória por 4-0, diante da Guatemala. Na final, o Brasil viria a vencer o Japão, com recurso a pontapés de penálti após empate a um golo nos 120 minutos, com Wendel a entrar no decorrer da segunda parte do jogo.

Wendel somou, na presente época, a conquista da Taça da Liga e da Taça de Portugal
Fonte: Sporting CP

Esta foi assim uma época de afirmação para Wendel, demonstrando o seu valor e somando três troféus: a Taça da Liga, a Taça de Portugal e o Ouro no Torneio de Toulon. O médio brasileiro valorizou-se e tem hoje um valor de mercado fixado em 10 M€, com contrato válido até 2023, com cláusula de rescisão de 60 M€.

O médio brasileiro é um jogador com um enorme talento, um craque que vale a pena seguir. Um atleta que se espera que continue a evoluir, valorizar-se e ajudar o Sporting, com golos e assistências, para vencer jogos e conquistar títulos de leão ao peito.

Foto de Capa: Sporting CP

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários