sporting cp cabeçalho 2É sabido por todos que o Sporting Clube de Portugal é um clube eclético e que, ao longo dos últimos anos, muito tem investido nas suas modalidades, onde obviamente se insere o atletismo. Este fim-de-semana, o país recebeu a notícia de que Patrícia Mamona “voou” para a medalha de prata em Belgrado, numa altura em que Nélson Évora ainda não iniciara a sua prova.

A atleta do Sporting tem vindo a ter um crescimento exponencial na sua carreira, algo que tem culminado em importantes conquistas para a própria, para o clube e para o país que representa. No passado sábado, a portuguesa conseguiu alcançar a marca de 14,32 metros no seu quinto e último salto, perfazendo assim a sua melhor marca pessoal e a quarta melhor marca mundial do ano corrente.

A marca de 14,32 metros em Belgrado deu a medalha de prata à atleta do Sporting Fonte: Facebook oficial de Patrícia Mamona
A marca de 14,32 metros em Belgrado deu a medalha de prata à atleta do Sporting
Fonte: Facebook oficial de Patrícia Mamona

Desde 2011, ano em que chegou ao Sporting, as suas vitórias nas mais variadas provas nacionais e internacionais têm sido uma constante, sendo que em muitas delas conseguiu bater os seus próprios recordes e elevou a fasquia para as suas adversárias. Em 2012, surgiu a sua primeira medalha de prata nas provas ao ar livre. No verão do ano passado, Patrícia Mamona voltaria a bater recordes em Amesterdão. O seu salto de 14,58 metros colocou-a no primeiro lugar e fê-la trazer a medalha de ouro para Portugal. Também o ano passado, nos Jogos Olímpicos realizados no Rio de Janeiro, Patrícia Mamona tornou-se a recordista nacional do triplo salto feminino com a marca de 14,65 metros, depois de, meses antes, ter fixado o anterior recorde.