Quem é?

Tamagnini Manuel Gomes Batista, ou Nené, no Mundo do Futebol. Nasceu a 20 de novembro de 1949 em Leça da Palmeira e foi provavelmente uma das maiores figuras do SL Benfica, depois de Eusébio, Coluna, Simões e Bento, começando e terminando a carreira no clube lisboeta. Para além de ser o terceiro melhor marcador de sempre da história do clube, Nené é ainda o jogador que mais vezes vestiu a camisola ao serviço do clube. Na seleção fez 65 jogos e marcou por 22 vezes.

Nené era conhecido como o homem que não sujava os calções
Fonte: SL Benfica

Nené, o assassino silencioso, como era conhecido, nasceu, cresceu e viria a acabar a sua carreira no Benfica, o seu “grande amor”, como já referiu em diversas entrevistas. Nené é um dos últimos raros casos de jogadores que só conheceram uma casa. Para além da devoção e da entrega, há que sublinhar a qualidade de um dos melhores jogadores que passou pelos encarnados.

Nené era um jogador de classe, um avançado “moderno” com uma capacidade técnica assinalável, com e sem bola. Nené era um elemento com uma leitura de jogo formidável: não precisava de correr tanto, nem de chutar tanto como os outros para poder ser eficaz. Nené era “10” e “9” ao mesmo tempo, era os verbos “chutar” e “passar” com um toque de amor ao bom futebol. Nené era poesia em forma de toque de bola, era poema em forma de jogador. Nené era e será sempre lembrado pelo homem que não sujava os calções, porque não precisava, porque a bola era a melhor aliada de um craque que não será esquecido.

Onde está?

Depois de pendurar as botas, Nené optou pelo futebol da formação do SL Benfica. Foi treinador dos juniores durante dez anos, conquistando alguns títulos e contribuindo para a transmissão da mística encarnada aos mais novos. Para além disso, foi coordenador, diretor e, atualmente, permanece ainda ligado ao Caixa Futebol Campus, projeto que ajudou a elevar.

O que ganhou?

Para além dos muitos golos pelo Benfica e de ter sido o jogador a vestir mais vezes a camisola encarnada, Nené foi um dos jogadores a conquistar mais títulos pelo clube da Luz.

Nené conquistou dez Campeonatos Nacionais, sete Taças de Portugal e duas Supertaças, ao serviço do SL Benfica. Para além disso, foi o melhor marcador do Campeonato por duas vezes e o melhor marcador da Liga dos Campeões por uma vez.

Ignorando os factos estatísticos, deixou um legado no clube da Luz. Foi considerado um dos jogadores mais importantes pelos adeptos encarnados.

Nené marcou o futebol português e o coração de muitos benfiquistas
Fonte: SLBenfica

E o futuro?

Prevê-se que Nené continue a transmitir a mística encarnada no Caixa Futebol Campus, dando o seu contributo para o projeto, para o qual se prevê grande crescimento nos próximos anos. Não é, de todo, provável que o antigo craque volte a assumir o comando técnico de algum dos escalões da formação do clube. Ainda assim, continua a ser uma voz ativa tanto na formação do clube, como no universo do futebol profissional.

Foto de Capa: SL Benfica

Comentários