força da tática

Ao longo dos anos, o futebol tem sofrido alterações na forma de jogo, e actualmente o estudo da forma de jogo e o avanço das tecnologias permitem que se analise com muito mais precisão as estatísticas dos jogadores e as suas características, para deste modo se saber qual o jogador que melhor se enquadra no estilo de jogo de um treinador.

Estas alterações no futebol muitas vezes obrigam a que determinados tipos de jogador tenham tendência a desaparecer dando lugar a outros. Antigamente o “lateral” era um jogador com muita força, tecnicamente fraco, combativo, forte no jogo aéreo, e na maioria dos casos apenas se limitava a defender.

Tendo na mesma de ser um jogador rápido, fruto da sua posição, Lilian Thuram e Paolo Maldini eram autênticos mestres a defender, criando sempre muitas dificuldades aos extremos que os enfrentavam. Eram jogadores com um porte físico diferente, maiores, com muita capacidade de antecipação, agressivos, duros e fortíssimos na marcação homem-a-homem. Este tipo de jogadores durou muitos anos, anos em que o futebol era mais duro, mais directo, mais lento.

Hoje em dia o futebol é muito mais dinâmico e rápido. Por norma, as equipas mais rápidas e eficazes a executar são as equipas vencedoras. Para isto muito contribuiu a evolução destes laterais. Jogadores como Daniel Alves e Marcelo são jogadores com uma capacidade ofensiva completamente diferente da dos “antigos”. Para além de serem agressivos a defender criam muito mais desequilíbrio com bola em posse. É no plano ofensivo que criam esse mesmo desequilíbrio, são fortes no 1×1, cruzam muito bem, jogam com ambos os pés, são dotados de uma técnica igual à de um médio-centro, marcam golos, mas principalmente têm a capacidade e a inteligência de perceber o jogo. Hoje em dia os laterais têm de perceber o jogo de uma forma completamente diferente da de antigamente.

Anúncio Publicitário
Paolo Maldini e Marcelo são laterais de referência do futebol mundial Fonte: Facebook Oficial dos dois jogadores
Paolo Maldini e Marcelo são laterais de referência do futebol mundial
Fonte: Facebook Oficial dos dois jogadores

Na conhecida táctica 3x4x3, os laterais fazem a ala toda. Cada vez mais em voga, esta táctica evidencia os laterais como nunca, casos de Chelsea (Alonso e Moses) e Juventus (Alex Sandro e Daniel Alves), em que os jogadores para além de participarem bastante no processo ofensivo também necessitam de defender muito, por ser uma táctica mais ofensiva.

Outra razão para a grande evolução e qualidade técnica dos laterais modernos foi a adaptação de muitos extremos de raiz, que por não terem tanto rendimento nas suas posições recuaram para a posição de lateral. Temos assistido ao uso deste processo por muito treinadores, que fizeram com que jogadores como Fábio Coentrão (Real Madrid), Bernat (Bayern Munique), Maxi Pereira (FC Porto), e Moses (Chelsea) se tornassem jogadores de classe mundial.

Foto de Capa: Real Madrid CF

Artigo revisto por: Manuela Baptista Coelho