É a minha lutadora preferida na atualidade e um dos principais motores da divisão feminina na WWE. Com apenas 26 anos, Alexa Bliss tem quebrado recordes e evoluído imenso em ringue. Ao microfone, não se fala, uma vez que é exímia a falar e a dinamizar um segmento com outras lutadoras.

Chegou ao NXT em 2013, com uma personagem inocente e sem qualquer rumo. A direção que precisava surgiu em 2015, quando se juntou à equipa de Blake e Murphy, desempenhando um papel de vilã na rivalidade com Enzo Amore, Big Cass e Carmella.

Essa foi a altura em que o talento de Alexa começou a dar frutos. Acompanhada por Blake e Murphy, teve oportunidades pelo título feminino, que nunca venceu, e aliava à sua evolução como performer a habilidade de falar ao microfone e de lutar, que só viria a ser desenvolvida mais tarde.

Quando chegou ao plantel principal da WWE, em 2016, vimos uma Alexa mais consistente e completa em ringue e fora dele. A WWE apostou nela e decidiu dar-lhe um lugar de destaque no Smackdown Live, ao conquistar o Smackdown Women’s Championship por duas vezes.

Anúncio Publicitário

Rivalizou com Naomi e Becky Lynch, uma das melhores lutadoras da atualidade, e teve o privilégio de se aliar a Mickie James, que lhe passou os ensinamentos necessários para esta fase da carreira.

Alexa Bliss está exatamente onde merece estar: no topo da divisão feminina
Fonte: WWE

Foi transferida para o Raw no Superstar Shake Up 2017 e explodiu por completo! O talento que se tinha intensificado no Smackdown Live tornou-se mais visível, pelo facto da WWE lhe voltar a dar um lugar de verdadeiro destaque na divisão feminina.

Daí para a frente, o percurso foi feito com o Raw Women’s Championship ao ombro por três vezes, que permitiu consolidar Alexa como a grande estrela que é hoje. As rivalidades com Bayley, Sasha Banks, Mickie James e Nia Jax serviram para lhe dar mais experiência e proporcionar, ao mesmo tempo, boas exibições em ringue.

A sua carreira, de apenas cinco anos, tem evoluído a um ritmo alucinante e as melhorias em ringue notam-se sempre que entra para combater ou falar ao microfone.

Apesar de não ser a melhor lutadora na empresa, é uma performer que trabalha imenso para estar onde está e, por essa razão, merece estar na exata posição que desempenha atualmente.

O meu sentimento em relação a Alexa Bliss é de profundo orgulho pela carreira que está a construir. A “Goddess” da WWE e atual Raw Women’s Champion é uma estrela em ascensão, cujo talento cresce semana após semana. Além disso, é dona de um tremendo carisma e de todas as caraterísticas necessárias para vingar.

Acredito que o futuro é promissor para Alexa Bliss e espero que continue a fazer história, como tem feito até aqui!

Foto de Capa: WWE

Artigo revisto por: Rita Asseiceiro