Boavista FC – GD Estoril Praia

Alegado penalty por assinalar a favor do Estoril, aos 57 minutos:

Decisão correta: Não há dúvidas de que o defesa do Boavista corta a bola com o braço, mas concordo com o árbitro ao não se assinalar qualquer infração neste lance. A lei refere: “O árbitro deve ter em consideração os seguintes critérios: • o movimento da mão na direção da bola (e não a bola na direção da mão) • a distância entre o adversário e a bola (bola inesperada) • a posição da mão não pressupõe necessariamente uma infração,” Acho que devido à distancia do jogador do Boavista e do jogador do Estoril está deve ser considerada uma bola inesperada.

Penalty assinalado a favor do Boavista, aos 81 minutos:

Bem, que lance de dificílima análise! Mesmo após visionar todas as repetições e com câmara lenta não se consegue ter a certeza absoluta de que a falta é já dentro de área, acredito que o árbitro e o VAR também não conseguiram tomar uma decisão 100% segura com estas imagens. A falta é indiscutível, se é penalty ou não, não consigo dizer pela dúvida se a falta é dentro ou não da grande área.

Anúncio Publicitário