Jogo SimplesCatorze segundos depois, soaram os alarmes: Adrien Silva seria, ou não, jogador do Leicester City? A resposta chegou dias depois, por intermédio da FIFA – a instituição não aceitou a transferência e não, o ex-capitão do Sporting não rumaria a Inglaterra. Aliás, não rumaria a parte alguma, visto não estar inscrito nem na Liga NOS nem na Premier League. Resultado? Chamar a palco o Tribunal Arbitral do Desporto, ou TAS.

O que faz e como funciona, talvez não saiba. Mas a verdade é que este organismo tem estado cada vez mais ativo, até no nosso futebol. Jogue simples e saiba mais sobre este tribunal, numa viagem que passa pelo FC Porto, Yannick Djaló e até… Justin Gatlin.

Fonte: Bola na Rede
Fonte: Bola na Rede

1.    O que é o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS)?

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) – Tribunal Arbitral du Sport ou Court of Arbitration for Sport, nas suas línguas oficiais – é uma instituição independente das organizações desportivas, sediada em Lausanne, na Suiça. Tem como objetivo facilitar a resolução de disputas relacionadas com o desporto, principalmente quando estas são entre partes que não sejam do mesmo país, como federações, atletas ou clubes. O TAS foi criado em 1984 e tem cerca de 300 árbitros – entenda-se juízes – de 87 países, escolhidos pelo conhecimento especializado de arbitragem e direito do desporto. Em média, o TAS é chamado a intervir e a mediar cerca de 300 casos por ano.