Anterior1 de 2Próximo

o passado tambem chuta

Há apenas 7 anos atrás encontrava-se entre os grandes do nosso futebol, agora está prestes a iniciar a época na divisão de honra da Associação de futebol de Coimbra. Despromovida na última edição do CNS, a Naval 1º de Maio terminou assim um ciclo de declínio desportivo, passando do principal escalão ao futebol distrital.

Voltando bastante atrás na história, a Associação Naval 1º de Maio foi fundada a 1 de Maio de 1893, data escolhida devido ao facto de a sua génese provir da classe de operários. Esta associação sucedeu à Associação Naval Figueirense, anteriormente extinta, e focava-se fundamentalmente nos desportos náuticos onde logrou grandes sucessos na primeira fase da sua história. Partindo dessa base, o clube foi-se tornando mais eclético, sendo o futebol uma das modalidades abraçadas. Passando a maior parte da sua história entre as divisões secundárias do nosso futebol, na época 2004/2005 conseguiu pela primeira vez garantir a participação na primeira liga, onde se manteve por seis épocas consecutivas e conseguiu um 8º lugar como a sua melhor classificação.

Plantel da Asssociação Naval 1º de Maio, na sua primeira época na primeira liga Fonte: gloriasdopassado.blogspot.pt
Plantel da Asssociação Naval 1º de Maio, na sua primeira época na primeira liga
Fonte: gloriasdopassado.blogspot.pt

Após este período áureo no convívio dos grandes do nosso futebol, o clube da Figueira da Foz entrou na fase descendente ao ser despromovida ao segundo escalão na época 2010/2011, terminando no 16º lugar, o último da classificação. Seguidamente passou duas épocas na segunda liga, onde se destacaram os problemas financeiros que conduziram a meses de salários em atraso e ameaças de greve por parte dos jogadores do plantel. Esta crise financeira viria a culminar com a descida ao terceiro escalão, e posteriormente aos distritais onde agora se encontra. Na época transata, o plantel chegou a ter apenas 12 jogadores, e correu o risco de não conseguir competir até ao “términus” da época.

Agora, nesta nova fase da sua história, o clube parte para esta época com o objetivo de voltar a garantir o acesso ao futebol nacional, de modo a poder estabilizar-se passo a passo e voltar a sonhar com um regresso aos sucessos passados.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários