Liedson, o “levezinho”, foi uma das figuras marcantes da história recente do Sporting Clube de Portugal. O avançado que se viria a tornar internacional por Portugal, destacou-se como o melhor marcador estrangeiro com a camisola leonina, superando Yazalde.

Liedson Muniz iniciou o seu trajeto no futebol ao serviço de clubes modestos, como o Poções e o Prudentópolis. Em 2001, já com 23 anos, rumou ao Coritiba FBC, emblema que representou durante duas épocas, somando 20 golos em 29 jogos. As exibições do avançado impressionaram e levaram Liedson para o Clube de Regatas do Flamengo. No ano 2003, voltaria a transferir-se desta vez para a cidade de São Paulo e para vestir a camisola do SC Corinthians. Nessa temporada, o “levezinho” contribuiu com 22 golos em 33 jogos, ajudando o clube a conquistar o Campeonato Paulista.

No verão de 2003, o Sporting Clube de Portugal adquiriu o passe do avançado, num negócio na altura avaliado em cerca de 3,2 M€. Liedson deixava assim o SC Corinthians e rumava ao futebol europeu para fazer história no clube de Alvalade. Em oito épocas de leão ao peito, o “levezinho” apontou 172 golos e disputou 313 jogos.

Anúncio Publicitário

Na temporada 2004/2005, Liedson fez parte da histórica campanha dos leões na Taça UEFA. O Sporting chegou à final, que se disputou no Estádio José Alvalade, eliminando clubes como AZ Alkmaar, Newcastle United FC, Feyenoord e Middlesbrough FC. Nesta caminhada, o “levezinho” marcou nove golos, entre os quais um deles na mágica partida de Alkmaar, onde os leões carimbaram passaporte para a final. Mais tarde, viria a tornar-se o melhor marcador do Sporting Clube de Portugal nas competições europeias com 26 golos, superando João Lourenço e Manuel Fernandes.

Na sua passagem pelo Sporting CP, Liedson conquistou duas Taças de Portugal e duas Supertaças. No dia 27 de maio de 2007, no Estádio do Jamor, o “levezinho” resolveu a final diante do CF “Os Belenenses”, com um golo de cabeça assistido por Miguel Veloso. Em termos individuais, Liedson foi duas vezes o melhor marcador do campeonato português, nas épocas 2004/2005 e 2006/2007.

Liedson despediu-se dos sportinguistas no dia 4 de fevereiro de 2011. O Sporting CP disputava a 18ª jornada da Primeira Liga com a recepção à Naval 1º de Maio, registando um empate a três golos. Na sua derradeira partida de leão ao peito, apontou dois golos, sendo mais uma vez decisivo. O “levezinho” iria assim regressar ao SC Corinthians, aos 33 anos, numa transferência avaliada em 1,8 M€.

Neste regresso de Liedson ao Brasil, voltou a ser decisivo no “timão”, durante uma época e meia. Neste período venceu dois títulos, o Brasileirão e a Copa dos Libertadores. Antes de terminar a carreira, voltou a vestir a camisola do CR Flamengo em 2012. No entanto, na época 2012/2013, rumou ao FC Porto, onde jogou apenas 7 jogos, despedindo-se dos relvados na última jornada do campeonato frente ao Paços de Ferreira e celebrando o título.

Liedson ficará para sempre na história do futebol leonino, um avançado móvel, tecnicamente evoluído, que impressionava pela impulsão e pelo instinto goleador. Ao longo de oito temporadas, o “levezinho” deixou uma marca no Sporting pelas suas características, pelos golos, pelas assistências e pela sua garra. “Liedson Resolve!”

Foto de Capa: Sporting CP

Artigo revisto por Diogo Teixeira

Comentários