Raúl González foi uma das figuras que marcaram a história do Real Madrid CF, uma carreira repleta de golos, vitórias e títulos. O eterno capitão madrilista, que esteve 18 anos ao serviço do Real Madrid.

Raúl González deu os seus primeiros passos no futebol, ao serviço do Atlético Madrid FC, tendo ingressado em 1992, na cantera do rival, Real Madrid. A 29 de outubro de 1994, cumpriu o seu primeiro sonho, estreou-se a titular frente ao Real Zaragoza, numa partida a contar para a Liga Espanhola. No seu segundo jogo com a camisola do Real Madrid defrontou no Santiago Barnabéu, o Atlético de Madrid, vencendo por 4-2, com um golo do jovem Raúl.

Nos 18 anos de lealdade e paixão ao seu Real Madrid, Raúl somou 741 jogos e 323 golos marcados. Mas esta foi sobretudo uma história de títulos, vencendo três Ligas dos Campeões, duas Taças Intercontinentais, uma Supertaça Europeia, seis campeonatos e quatro Supercopas de Espanha.

Raúl González vestiu a camisola do Real Madrid, durante 18 anos, conquistando 16 títulos                 Fonte: Real Madrid

Raúl González foi uma figurante marcante do futebol europeu, tendo feito a sua estreia na Liga dos Campeões, com apenas 18 anos, venceu três vezes a maior competição de clubes da UEFA. Na época 97/98, os blancos venceram a Juventus por 1-0, com golo de Predrag Mijatović. No entanto, Raúl voltaria a vencer em 2000 e 2002, marcando golos nas duas finais, diante do Valencia e do Bayer Leverkusen.

Anúncio Publicitário

Em 2010, ao cabo de 18 anos a defender as cores do Real Madrid e a encantar o Santiago Barnabéu, cedeu a camisola 7 ao melhor do mundo, Cristiano Ronaldo. O internacional espanhol, Raúl, transferiu-se para o Schalke 04, onde conquistou mais dois títulos – a Taça e a Supertaça da Alemanha. Antes de terminar a sua carreira, Raúl vestiu ainda a camisola do Al Sadd e do NY Cosmos.

Raúl foi ainda uma figura marcante da seleção espanhola, ultrapassando a centésima internacionalização, apontando 44 golos. O número 7 representou a “La Roja” em três campeonatos do mundo, dois Europeus e nos Jogos Olímpicos de Atlanta em 1996.

Raúl ficará para sempre na história do futebol mundial, pelos vinte títulos conquistados e pelos 385 golos marcados ao longo da sua carreira. Mas sobretudo, será sempre um ídolo do Real Madrid, pela sua dedicação e lealdade durante 18 anos ao serviço do clube do seu coração.

Foto de Capa: Real Madrid CF

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão