Zinedine Zidane é considerado por muitos um dos melhores de todos os tempos do futebol mundial, considerado o melhor do mundo FIFA em 1998, 2000 e 2003. Zizou marcou uma geração, um verdadeiro craque.

Zizou fez a sua formação ao serviço do Cannes, tendo a sua estreia na temporada 1988/1989 num jogo a contar para a Ligue 1, diante do Nantes. Com a camisola do Cannes realizou 71 jogos e marcou seis golos, afirmando-se como um dos maiores talentos do futebol francês da sua geração.

As boas exibições ao serviço do Cannes valeram a sua transferência para o Bordéus, com um valor a rondar os 7 M€. Com a camisola do Bordéus realizou 177 partidas, nas quais apontou 39 golos, vencendo uma Taça Intertoto. Após quatro temporadas voltou a mudar de clube, rumou a Turim para representar a “vecchia signora”, a trocou de 3.5M€.

Em Itália ia despontando uma das maiores estrelas do futebol mundial da sua geração, conquistado dois campeonatos, uma Supertaça de Itália, uma Supertaça Europeia, uma Taça Intertoto e uma Taça Intercontinental. Em cinco épocas, Zidane somou ao serviço da Juventus, 215 jogos e 31 golos.

Fonte: FIFA

Decorria o verão de 2001, quando Zidane se tornou num dos galácticos do Real Madrid, mais uma das contratações de Florentino Pérez. O gigante de Madrid transformou Zidane, nessa altura na maior transferência de sempre do futebol mundial, tendo pago 77.5 M€ à Juventus, para garantir o passe do génio francês.

Com a camisola do Real Madrid venceu uma Liga dos Campeões, uma Liga Espanhola, duas Supertaças de Espanha, uma Supertaça Europeia e uma Taça Intercontinental. No entanto, recordar o génio de Zizou é abordar a final da Liga dos Campeões em Hampeden Park, na vitória por 2-1 diante do Bayer Leverkusen, o golaço ao minuto 45, que deu o título europeu ao Real Madrid.

Zidane marcou para sempre a história do futebol francês, sagrou-se campeão do mundo em 1998, venceu o Euro 2000 e foi finalista do Mundial 2006. Pela seleção francesa disputou 108 jogos e marcou 31 golos. Mas há uma partida que marcou para sempre a sua carreira, no dia 12 de Julho de 1998, a final que se realizou no Stade de France, onde os gauleses derrotaram o Brasil por 3-0, com dois golos de Zizou.

Zidane retirou-se dos relvados na final do Campeonato do Mundo 2006, onde foi expulso pela agressão a Materazzi e os italianos acabaram por vencer nas grandes penalidades. Hoje, o treinador Zizou já fez história ao serviço do Real Madrid, conquistou três Ligas dos Campeões consecutivas, uma Liga Espanhola, duas Supertaças Europeias, dois Campeonatos do Mundo de Clubes e uma Supertaça Espanhola.

Zidane foi um enorme craque, com a sua qualidade técnica, com os seus dribles e os seus golos, marcou a história do Real Madrid e do futebol francês. Enquanto jogador será sempre recordado, como um dos melhores de sempre.

Foto de Capa: FIFA

Revisto por: Jorge Neves

Comentários