logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Yerson Chacón

Olheiro BnR | Yerson Chacón, a pulga venezuelana

É em San Cristóbal que habita a nova jóia futebol da Venezuela. Chama-se Yerson Chacón, tem apenas 19 anos e já é considerado como a maior promessa da “vinotinto”. É no Deportivo de Táchira que tem brilhado este jovem craque, uma cópia ao milímetro de Dries Mertens, atual jogador do Galatasaray SK, quer seja pelas parecenças físicas, mas também pelo jeito de tratar a bola.

Habituado a atuar pelos corredores do ataque, Chacón tem liberdade para pisar também os terrenos interiores do esquema tático da equipa venezuelana, um pouco à semelhança do que Rafa faz ao serviço do SL Benfica, ou seja, um “vagabundo” no ataque do Deportivo.

Estreou-se em janeiro pela seleção principal da Venezuela num jogo de qualificação para o próximo Mundial, frente à Bolívia. Na presente época, soma 22 jogos no campeonato, quatro na Copa Sul-Americana e cinco na Taça Libertadores, com um total de quatro golos e duas assistências.

 

SONHO EUROPEU PRÓXIMO, OU MAIS UMA “COQUELUCHE” NA MLS?

É uma questão muito interessante para percebermos o futuro de Yerson. Se, a nível físico, é frágil, uma vez que tem apenas 1,69m de altura, a sua qualidade é enorme para um jogador tão jovem. Revela uma cultura tática bastante evoluída, mas que pode ser trabalhada para poder vingar na Europa do futebol, assim como a própria maturidade, fruto dos seus 19 anos. No entanto, tem no seu futebol o atrevimento e a rebeldia que nos faz ir aos estádios, não tem medo de partir para cima dos adversários e errar, porque o erro faz e tem de fazer parte do jogo de um extremo desta natureza, irreverente e explosivo.

Chacón precisa de uma realidade que lhe permita um crescimento sustentado, com paciência e margem de erro para poder exponenciar ao máximo as suas qualidades e mostrar ao mundo do futebol que tem qualidade para se assumir como um dos protagonistas dos grandes palcos do desporto rei.

Se acredito que tem qualidade para vir para a Europa e lutar pelo seu lugar, também admito que a MLS possa ser uma opção muito interessante, porque o vai ser cada vez mais, pela aposta que está a ser feita no futuro do “soccer” nos EUA. Pessoalmente, apoio os jovens talentos que apostam no futebol americano e nesta mudança sustentada para os EUA, porque o dinheiro já não é o fator mais atrativo da MLS, mas sim o projeto desportivo, que hoje se assume como sustentável para quem quer realizar uma boa carreira e evoluir como profissional de futebol.

 

COMO É QUE O “PEQUENO GÉNIO” SE MOVIMENTA EM CAMPO?

Sou um fã assumido das qualidades de Dries Mertens e nunca percebi bem como é que o craque belga se manteve tanto tempo em Nápoles, com a crescente cobiça que recaiu sobre si nos últimos anos. O certo é que fez um percurso muito interessante no clube napolitano, com golos e assistências de encher o olho e exibições quase sempre bem conseguidas.

Sendo um admirador de todas estas características, fica mais fácil gostar de Yerson Chacón porque as semelhanças são mais que evidentes quando comparado ao atual jogador do Galatasaray. No futebol mundial, são cada vez mais raros estes jogadores mais “franzinos”, que se movimentam muito bem entre linhas para organizar o jogo da sua equipa e desbloquear situações de jogo mais complicadas. Yerson faz isto muito bem porque assume o risco, à esquerda ou à direita, mas também ao meio, não sendo um jogador estático ou um extremo à antiga, mas sim um jogador evoluído taticamente e que entende as movimentações da sua equipa e a consequente necessidade de ser ele a realizar este trabalho.

Uma coisa é certa: a Venezuela já se tornou demasiado pequena para o talento do jovem Chacón, que tem o seu passe avaliado em cerca de 600 mil euros pelo portal de transferências Transfermarkt, valor muito reduzido tendo em conta o enorme potencial que apresenta, para além de representar um risco muito pequeno para quem quiser apostar nas suas qualidades. Para os clubes portugueses, Yerson pode ser uma aposta para um futuro não muito longínquo, sendo um jogador com fome, vontade de vencer e de mostrar o seu melhor futebol.

Licenciado em Comunicação Empresarial e Relações Públicas, é um apaixonado por futebol desde tenra idade. O jovem natural de Tomar, mas residente em Lisboa, é um poço de sonhos por realizar, sendo que ser uma voz ativa no mundo do futebol é um deles! Comunicador, simpático, bem humorado e cheio de energia, assim é o Bernardo! Para solidificar os seus conhecimentos no desporto rei, completou os níveis I e II de Scouting no futebol, para além de uma formação de Team Manager. Atualmente, trabalha no departamento de comunicação internacional de uma grande empresa e divide o seu tempo entre as suas paixões e os seus vícios.

Licenciado em Comunicação Empresarial e Relações Públicas, é um apaixonado por futebol desde tenra idade. O jovem natural de Tomar, mas residente em Lisboa, é um poço de sonhos por realizar, sendo que ser uma voz ativa no mundo do futebol é um deles! Comunicador, simpático, bem humorado e cheio de energia, assim é o Bernardo! Para solidificar os seus conhecimentos no desporto rei, completou os níveis I e II de Scouting no futebol, para além de uma formação de Team Manager. Atualmente, trabalha no departamento de comunicação internacional de uma grande empresa e divide o seu tempo entre as suas paixões e os seus vícios.

FC PORTO vs CD TONDELA