Existem casos de jogadores que não conseguem uma oportunidade imediata na equipa principal do clube onde se formam, acabando por relançar a carreira noutras paragens, onde conseguem sobressair ao ponto de regressarem à ‘casa-mãe’. Alfa Semedo é um desses casos.

Este médio defensivo, nascido na Guiné Bissau, foi recrutado pelo SL Benfica ao seu país de origem quando tinha 17 anos, no decorrer da temporada 2014/2015. Depois de um ano e meio nos juniores encarnados, Alfa Semedo teve a sua primeira experiência sénior no UD Vilafranquense, numa época em que o emblema ribatejano se destacou por ter eliminado o FC Paços de Ferreira da Taça de Portugal, e em que o médio de origem guineense foi um jogador influente, disputando 34 jogos e marcando quatro golos.

Alfa Semedo procura afirmar-se na equipa principal do SL Benfica
Fonte: SL Benfica

As suas exibições valeram-lhe o salto para a Primeira Liga sem ter precisado de passar pela equipa B do Benfica, com uma transferência a título definitivo para o Moreirense FC. Em mais uma época cheia de sobressaltos do emblema minhoto, Alfa Semedo assumiu-se logo como um dos indiscutíveis da equipa, realizando 34 jogos e marcando três golos.

Alfa Semedo é uma autêntica ‘gazela’. É dono de uma grande estampa física, que lhe confere vantagem nos duelos aéreos e nas disputas de bola. Para além disso, a sua passada larga também lhe permite galgar dezenas de metros de terreno em poucos segundos, podendo recuar rapidamente no terreno e reagir a perdas de bola da sua equipa. A sua elevada estatura (1.90m) também lhe permite ser uma arma importante nos lances de bola parada. Possui também uma qualidade de passe muito interessante.

Anúncio Publicitário

As suas exibições em Moreira de Cónegos valeram-lhe um regresso ao clube onde concluiu a sua formação. Francamente, quando o observei nos juniores do SL Benfica, não via ali nada que me enchesse as medidas. Mas, agora, acho que ele tem tudo para ser a derradeira alternativa ao Fejsa e pode vir a ser um caso muito sério no futebol português.

Foto de Capa: SL Benfica

Artigo revisto por: Rita Asseiceiro