olheiro bnr

Com seis golos em seis jogos disputados na edição 2015/16 da Segunda Liga, André Silva está a confirmar todas as elevadas expectativas que já lhe são imputadas há algum tempo, percebendo-se que passará certamente por ele um melhor futuro da posição “nove” da selecção nacional portuguesa.

Nascido a a 6 de Novembro de 1995, em Gondomar, André Miguel Valente da Silva ainda passou pelas camadas jovens do Salgueiros e do Boavista, mas tem sido no FC Porto, clube que representa desde 2011, que tem consolidado o seu estatuto de grande promessa do futebol luso.

Anúncio Publicitário

Afinal, depois de um percurso goleador pelos juniores azuis-e-brancos, André Silva cedo deu o salto para a equipa sénior, onde evolui na equipa B desde 2013/14, acumulando neste momento um total de 16 golos em 61 jogos oficiais na Segunda Liga.

Brilho estende-se às selecções nacionais

A verdade é que esta aura goleadora de André Silva está longe de se extinguir no FC Porto, uma vez que o ponta de lança português também tem marcado o seu percurso pelas selecções jovens lusas com uma quantidade extensa de golos, sendo o mais recente exemplo o hat-trick que fez à Albânia (6-1) na sua estreia ao serviço dos sub-21.

Em grandes competições internacionais, há ainda que destacar os quatro golos que apontou já este ano no Campeonato do Mundo de sub-20, prova em que Portugal atingiu os quartos de final, e os cinco que apontou no Campeonato da Europa de sub-19 do ano transacto, competição onde Portugal foi vice-campeão.

André Silva é visto como o futuro '9' da seleção
André Silva é visto como o futuro ‘9’ da selecção

Aliás, o fantástico percurso de André Silva na “Equipa das Quinas” explica-se facilmente pela quantidade de golos que já apontou, sendo que, entre os sub-16 e os sub-21, o atacante acumula um total de 31 tentos em 68 internacionalizações.

Um verdadeiro homem de área

André Silva é precisamente aquilo que mais tem escasseado no futebol português, mais concretamente um puro “nove” de área, que se destaca essencialmente por ser um finalizador frio e eficaz, que raramente desperdiça uma verdadeira oportunidade de golo, seja com a cabeça ou com os pés.

Muito trabalhador, tecnicamente competente e com uma maturidade assinalável para os seus 19 anos, o jogador do FC Porto B é também um ponta de lança que joga muito bem de costas para a baliza, apresentando igualmente uma mobilidade assinalável, sabendo cair para os flancos sempre que necessário.

Pela sua envergadura física (185 cm e 77 kg) e referida capacidade de trabalho, é também um atacante que vai desgastando as defesas contrárias, sendo claro que se trata de um “nove” completo e que, a manter a evolução, chegará certamente aos grandes palcos nacionais e internacionais, com claro benefício para o FC Porto e para o futuro próximo da selecção nacional A.

Foto de capa: dragaodoente.blogspot.pt