Ismael Bennacer tem 21 anos e actualmente joga no Empoli, que foi relegado para a Serie B em Itália e conquistou recentemente pela Argélia (país pelo qual optou jogar, uma vez que nasceu em França), a Taça das Nações Africanas tendo sido eleito o melhor jogador do torneio. Da tristeza pela descida  de divisão até à alegria da conquista da Can, Bennacer vivenciou nestes últimos meses uma espiral de emoções.

Antes de chegar a Itália Bennacer fez praticamente toda a sua formação em França no Arles-Avignon e nas seleções jovens francesas, até despertar o interesse do Arsenal que o levaria para Londres para a sua equipa de reservas. Dois anos volvidos e um jogo depois, Bennacer regressava a França emprestado pelo Arsenal ao Tours FC tendo feito 16 jogos no clube francês, o suficiente para na época seguinte atraír o interesse do Empoli e estes avançarem para a sua contratação, que rendeu aos cofres do Arsenal 1 milhão de euros.

Tacticamente Bennacer é muito versátil, o médio tanto pode jogar à frente da defesa, como atrás da linha de ataque, estilo box-to-box, se bem que no Empoli não desempenhava  essa função, sendo mais um trequartista, um médio defensivo que prima pela recuperação de bola, e sai a jogar.

Não sendo um puro trinco é muito bom na recuperação de bola, e neste aspecto o argelino destaca-se tendo uma média de recuperações de bola significativa na sua época de estreia na Serie A. De média estatura,o argelino perde a maioria dos duelos aéreos um factor que podemos apontar como ponto negativo.

Sempre com a bola colada ao pé esquerdo Bennacer faz o seu transporte notando-se qualidade técnica nas transições e maturidade, não se perdendo em “rodriguinhos” e entregando sempre a bola com critério para os seus colegas, mostrando um elevado acerto de passes, o argelino conseguiu uma média de 85% , um indicador da qualidade do jogador, se nos lembrarmos que joga no modesto Empoli.

Fonte: Empoli

O que mais me impressionou no jogador para além da sua maturidade, são as transições com a bola, especialmente depois de a recuperar, a velocidade com que executa essas transições fazendo depois diagonais ou triangulações em passes curtos ou longos, são de ficar com água na boca.

Quem viu a CAN seguramente terá ficado com este jogador debaixo de olho e não é para menos. Foi um dos esteios da seleção magrebina ajudando na conquista da segunda Taça das Nações Africana ao lado Mahrez, Feghouli, Brahimi, Slimani, entre outros.

Reconhecido pelos adeptos como jogador do ano,o futuro de Bennacer  muito provavelmente não passará por ficar no Empoli .São apontados vários clubes ao jogador, estando o A.C. Milan na linha da frente para contratar o argelino.

Ismael Bennacer é um jovem com muita margem de progressão e as suas qualidades não enganam, com um crescimento sustentado terá uma bela carreira pela frente, um jogador a seguir com atenção.

Foto de Capa: Empoli

Comentários