logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

5 Regressos Que Gostaria De Ver Na Liga NOS

Cabeçalho Futebol Nacional

Tiago Ilori (F.C.Porto)

Fonte: Mirror
Fonte: Mirror

Um dos mais promissores centrais portugueses da atualidade vê agora os seus três anos em Liverpool chegar ao fim.

Transferido em 2013 por um valor a rondar os 7,5 milhões onde provou ainda que era uma altura precoce para sair do Sporting C.P, tinha ainda 20 anos, disputou três ligas de três países diferentes nos últimos 3 anos onde, em nenhuma delas conseguiu singrar.

As boas exibições que protagonizou na primeira época pelo Sporting e que o fizeram rumar ao estrangeiro, deixaram marca e a isso juntou-se a grande prova no Europeu sub-21 em 2015 ao ser um verdadeiro patrão das quinas. Com isto, é assim justo de se dizer que é o melhor defesa central sub-23 português e a transferência para um clube que carece de centrais com provas dadas na Liga NOS, seria bastante benéfico para o jogador onde, não sendo contratado para primeira opção, podia ganhar o seu espaço, trazendo na bagagem, prestações em ligas mais competitivas e com um nível físico mais exigente.

Convocado para o Rio de Janeiro’16 para representar a Seleção sub-23 de Portugal, a sua pré-epoca está condicionada porém encontra-se na lista de dispensas do Liverpool F.C. e o seu regresso para Portugal seria um futuro possível, mesmo para um clube que conta com cerca de 5 centrais.

Depois de 11 anos como federado, a tática, a estrutura, e tudo aquilo que envolve o futebol fizeram com que Júnior visse o futebol de uma maneira diferente. Adepto assíduo da Premier League desde os seus seis anos, acredita ainda que a essência do futebol de rua perdurará sempre em detrimento da tática. Considera-se um estudioso do futebol.                                                                                                                                                 O Júnior escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Depois de 11 anos como federado, a tática, a estrutura, e tudo aquilo que envolve o futebol fizeram com que Júnior visse o futebol de uma maneira diferente. Adepto assíduo da Premier League desde os seus seis anos, acredita ainda que a essência do futebol de rua perdurará sempre em detrimento da tática. Considera-se um estudioso do futebol.                                                                                                                                                 O Júnior escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

FC PORTO vs CD TONDELA