1 – Christian Fittipaldi (Minardi), Grande Prémio de Itália, 1993

[ot-video type=”youtube” url=”https://www.youtube.com/watch?v=kAWgnYJvW_U”]

No final do GP de Monza, em 1993, Fittipaldi tentava ultrapassar o piloto que estava à sua frente, quando acabou por lhe tocar. Resultado? Um “mortal” de 360°. Fittipaldi voltou ao chão e terminou a corrida em oitavo.

 Artigo revisto por: Francisca Carvalho