Anterior1 de 11Próximo

Cabeçalho Futebol Internacional

Estádios podem não ser diretamente proporcionais à qualidade exibicional dos respetivos clubes. Não faz, pelo menos em primeira instância, a equipa produzir melhor ou pior futebol. No entanto, a inevitável promoção de uma atmosfera especial, dependendo, claro, das circunstâncias e do próprio contexto. Ou ansiedade, ou euforia, ou suspense são um conjunto de elementos ligados, inequivocamente, à natureza humana, de exprimir sentimentos, e neste caso concreto, ao adepto de futebol. E há muito sentimento envolvido neste desporto, não é verdade? E o mais bonito é que essa atmosfera criada se deva, em grosso modo, à plateia. Embora, claro está, a dimensão arquitetónica seja sempre algo a ter em conta, e faça subir a cotação do evento, quer em número de espetadores, quer em beleza estilística. Afinal, grandes obras advém de outras já criadas, e assim sucessivamente. São as emoções que têm impato, que se complementam ao recinto e essa mesma atmosfera eclode, e é extraordinário estar num estádio ao rubro. Cânticos entoados por muitas vozes, que se ouvem a quilómetros… A união faz mesmo a força não é? Tal fator faz com que muitas vezes o reduto de determinadas equipas seja associado a inferno, devido ao nível apresentado pela equipa anfitriã, e ao consequente historial estatístico perante o seu público; ou palco, como é o caso de Old Trafford, um dos anfiteatros de sonho em claro destaque neste ranking.

 Foto de capa: Real Madrid CF

Anterior1 de 11Próximo

Comentários