5.º – André Carrillo (SL Benfica)

Fonte: André Carrillo
Fonte: André Carrillo

A chegada do jogador peruano ao SL Benfica, proveniente do eterno inimigo Sporting CP, foi até agora, sem dúvida, a transferência mais inquietante do mercado português. Sem acordo com os leões para a renovação do seu contrato, André Carrillo assinou em Janeiro pelas águias a custo zero. Passados alguns processos disciplinares, burocracias de dirigentes e empresários, rumores de transferências e muito tempo sem jogar, Carrillo encontrou agora um novo caminho para a sua ainda jovem carreira como jogador.

Nos tempos em que atuava de leão ao peito, Carrillo era visto como um jogador carismático, influente, cativante e arrebatador. Se conseguir trazer de volta todas estas suas características, então podemos dizer, sem sombra de dúvidas, que o Benfica fez uma grande contratação de um jogador brilhante.

Já com cinco temporadas de primeira liga no seu currículo, 16 golos marcados, mais de 100 jogos no nosso campeonato, uma Supertaça e uma Taça de Portugal fazem de André Carrillo um dos jogadores mais experientes da Liga NOS, tornando-o assim um concorrente sério ao lugar deixado em aberto por Nico Gaitan no onze encarnado. O jogador peruano, de 25 anos, tem ainda assim de lutar bastante por este lugar, visto que o SL Benfica reforçou-se bem, com jogadores como Cervi e Zivkovic, e ainda contempla no seu plantel unidades como Gonçalo Guedes, Salvio e Pizzi.

A sua continuidade no Benfica ainda é incerta devido ao assédio de grandes clubes europeus pelo passe do jogador peruano. Por sua vez, a saída de Toto Salvio deve estar por dias, logo poderá cimentar a posição de André Carrillo no plantel de Rui Vitória. Experiente, virtuoso e talentoso, Carrillo poderá estar de partida para a época da sua consagração, algo que não se sucedeu na temporada passada.

Anúncio Publicitário