A Magia da Taça… das oportunidades

    - Advertisement -

     

    TRIBUNA VIP é um espaço do BnR dedicado à opinião de cronistas de referência para escreverem sobre os diversos temas da atualidade desportiva.

    Vai começar a 3.ª eliminatória da prova rainha do futebol português, já com a presença de equipas do escalão principal.

    betclic slbAposta agora até 50€ através deste link no Caldas SC x SL Benfica sem risco!

    Estes são dias de entusiasmo para os lados das Caldas da Rainha, de Anadia, da Póvoa de Varzim, de Felgueiras, do Machico ou de Vila Nova de Gaia (neste caso, com duas equipas em prova). Vem aí a 3ª eliminatória da Taça de Portugal, o que significa que já vão entrar em prova as 18 equipas da I Liga. Todas vão jogar fora de portas, à imagem do que tem acontecido nas últimas temporadas nesta ronda inaugural para os principais clubes portugueses.

    E se para os emblemas dos escalões inferiores, a Taça de Portugal serve para arrastar mais gente até aos estádios – que ficam engalanados com a presença de clubes de maior nomeada – para sonhar com o estatuto de «tomba-gigantes» e também para poder ter uma receita mais proveitosa, para as equipas das divisões profissionais estes confrontos da prova rainha do futebol nacional podem servir para dar oportunidades a jogadores com menos minutos e gerir fisicamente os elementos com maior desgaste, ainda para mais numa temporada marcada pela inédita calendarização de um Mundial para os meses de novembro e dezembro.

    Benfica, FC Porto e Sporting jogam ante equipas da Liga 3, assim como o SC Braga, que fará uma curta viagem até ao terreno do Felgueiras. Em teoria, não são os adversários mais acessíveis que os representantes portugueses nas competições europeias podiam ter, mas mesmo assim o favoritismo está garantido, bem como a mais do que provável utilização de unidades que têm tido menos preponderância entre campeonato e provas da UEFA.

    Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

    As águias, que lideram de forma isolada a I Liga, vão jogar no mítico Campo da Mata, palco de tardes e noites absolutamente épicas de Taça de Portugal na temporada 2017/18. Sim, para quem já não se recorda, o Caldas foi semifinalista e deu que fazer ao Desportivo das Aves, que uns meses mais tarde arrebatou o troféu ao Sporting, no Jamor. Para Roger Schmidt, será um primeiro contacto com uma competição mítica, ainda para mais num cenário a fazer lembrar o estádio da final… mas em ponto pequeno. A situação na Liga milionária é favorável e depois do jogo na região Oeste, virá um clássico com o FC Porto (sexta-feira 21, no Dragão) e a gestão é obrigatória. Jogadores como Draxler, Diogo Gonçalves, Rodrigo Pinho, Henrique Araújo, Brooks ou até jovens da equipa B podem aproveitar para reivindicar um lugar mais presente nas opções do técnico germânico. Pela frente, vai estar uma das equipas mais estáveis da Liga 3, com o mesmo treinador de forma ininterrupta (José Vala) desde 2016 e com jogadores de bom nível – por lá se mantém o «Tarzan» dos golos, João Rodrigues e há nomes novos como Miguel Rebelo ou Henrique Henriques.

    Já o Sporting fará uma viagem até ao norte para defrontar o Varzim, não na Póvoa – o estádio continua a ser alvo de intervenção – mas em Barcelos. O facto de ser em casa emprestada tira magia, mas não impede que possamos falar deste como sendo um duelo de históricos. Os leões querem esquecer as agruras da Champions frente a um dos mais sérios candidatos à subida na Liga 3 (partilha a liderança da Série A com o Länk Vilaverdense). O promissor Léo Teixeira (extremo com técnica apurada e boa definição no cruzamento e remate) pode criar problemas ao leão, assim como outros atacantes prometem perigo (Gustavo Souza ou Joãozinho, desde logo). O setor mais recuado tem muita experiência e a equipa mostra boa organização defensiva, aspeto que irá incitar ao lado mais criativo e arrojado de um Sporting que pode apresentar novidades – Fatawu tem ganho protagonismo com Amorim, Arthur Gomes procura apanhar o comboio e Rochinha e Paulinho estão na calha para ter lugar no onze. Também Marsà ou Alexandropoulos podem aproveitar o embalo dos minutos ganhos nalgumas das últimas partidas para colocarem «boas dores de cabeça» a Rúben Amorim.

    Sporting Tottenham
    Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

    O último dos chamados «três grandes» a entrar ao serviço nesta terceira ronda da Taça de Portugal vai ser o FC Porto, com a deslocação ao terreno do Anadia. Sérgio Conceição já deixou antever oportunidades na segunda maior prova do futebol nacional com as substituições em Leverkusen – lançou jovens como Gonçalo Borges, Danny Namaso ou Bernardo Folha. Além dos nomes ligados à formação ou que estiveram anteriormente na equipa B, Toni Martínez pode somar minutos importantes a sul do distrito de Aveiro, assim como Gabriel Veron ou André Franco (dois dos reforços para esta época). Diante dos «dragões», vai estar o 7.º classificado da Série A da Liga 3, que chega motivado por um triunfo face ao Canelas 2010 na última jornada do campeonato. O experiente Fausto Lourenço (39 anos) continua a ser um avançado de categoria e pode completar um trio entusiasmante com o talentoso Dinho (22 anos) e o cabo-verdiano Papalelé – teve passagem curta pelo FC Porto B. Atenção ainda aos médios Zé Gata e Edu Pinheiro e também ao defesa Simão Fernandes, elemento importante na subida da Oliveirense à 2ª Liga na última temporada.

    Depois do empate europeu na Bélgica, também Artur Jorge pode promover mudanças na pequena viagem até Felgueiras e nomes como Diego Lainez, Alvaro Djaló, Gorby ou Bruno Rodrigues podem subir ao onze para se mostrarem ao treinador e ajudarem a ultrapassar o atual sexto classificado da Série A da Liga 3 – a mesma da equipa B dos bracarenses.

    Novas oportunidades para todos, numa eliminatória que vai ter duelos apelativos (atenção também ao Vitória FC-Paços de Ferreira, Tondela-Santa Clara, Penafiel-Vizela, Canelas 2010-Vitória SC ou Mafra-Marítimo) e que pode trazer surpresas consideráveis!

     

    Artigo de opinião de Francisco Sousa,
    analista e comentador ELEVEN

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    De Vrij tem um pretendente em Espanha

    O defesa Stefan de Vrij, do FC Internazionale Milano,...

    Trippier renova contrato com o Newcastle

    O lateral direito Kieran Trippier renovou o contrato que...

    5 países com um novo selecionador para 2023

    O Mundial do Qatar 2022 (e o seu apuramento)...

    Marco Silva quer médio do Torino

    O Fulham FC, treinado pelo português Marco Silva, quer...

    Uruguai castigado de forma pesada por incidentes no Mundial 2022

    A FIFA aplicou pesados castigos a quatro jogadores da...
    Francisco Sousa
    Francisco Sousahttp://www.bolanarede.pt
    Licenciado em jornalismo, o Francisco esteve no Maisfutebol entre 2014 e 2017, ano em que passou para a A BOLA TV. Atualmente, é um dos comentadores da Eleven.
    Bola na Rede