ÚLTIMA HORA:

Padel no Feminino – Entrevista Sofia Araújo

BnR: Achas que a aposta dos clubes grandes, como é o caso do Sporting e Benfica, é uma força extra para o Padel nacional? Isto é, sabemos que é uma modalidade em grande crescimento, em Portugal, mas certamente esta adesão dos grandes clubes ao Padel trará mais visibilidade à modalidade…

S.A: O Padel está a ter um crescimento extraordinário, graças a todos os clubes, jogadores, apoiantes e também graças ao trabalho da nossa federação (FPP) que tem feito um excelente trabalho. Acho que esta aposta dos clubes vai fortalecer ainda mais esta expansão, uma vez que irá dar ainda mais visibilidade à modalidade.

Sofia Araújo é uma recente aposta dos encarnados Fonte: SL Benfica
Sofia Araújo é uma recente aposta dos encarnados
Fonte: SL Benfica

BnR: Quem são as tuas maiores referências no Padel a nível nacional? E mundial?

S.A: A nível nacional tenho os melhores atletas como referência, posso retirar um bocadinho de todos, visto que todos trabalham de uma maneira exemplar. A nível internacional tenho sem dúvida um ídolo, Bela.

BnR: Acreditas que o crescimento exponencial que o Padel teve até agora, em Portugal, é para manter ou poderá ser apenas uma tendência?

S.A: O Padel é um desporto que ainda tem muito para dar e veio para ficar!

Fonte: Sofia Araújo
O Padel veio para ficar em Portugal
Fonte: Sofia Araújo

BnR: O Padel é ainda bastante dominado pelos jogadores argentinos e espanhóis, dada a tradição da modalidade nestes países. Sentes que Portugal, a longo prazo, poderá vir a figurar em lugares mais altos do ranking WPT?

S.A: Sem dúvida. O Padel nesses países já nasceu há muito tempo, claro que tem que haver esse domínio… Mas com o trabalho que tem sido realizado até agora e com exemplos como o Diogo, Miguel, Vasco e Nogui acredito que num futuro conseguiremos ter mais jogadores a esse nível.

BnR: Portugal venceu o Europeu de Padel feminino, em 2015, este ano a competição é em Portugal. É um incentivo extra para repetir a vitória? É um sonho representar Portugal neste tipo de competições?

S.A: Óbvio! Representar Portugal é o maior orgulho que posso ter e é um dos meus objectivos para este ano, ser campeã da Europa. Como vimos o ano passado no Campeonato Mundial, realizado na Quinta da Marinha, o facto de jogarmos em casa é sem dúvida uma motivação extra, visto que par além de todos aqueles que nos são mais próximos temos ainda, todo o nosso público português.

Componente 5 – 1 (1)

Aos 20 anos, a Francisca gosta de dar pontapés na bola, mas evita os pontapés na gramática. É uma confessa adepta do Sporting e grande fã de desporto, em especial futebol e ténis, embora não saiba o suficiente para escrever sobre qualquer um deles.                                                                                                                                                 A Francisca não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Aos 20 anos, a Francisca gosta de dar pontapés na bola, mas evita os pontapés na gramática. É uma confessa adepta do Sporting e grande fã de desporto, em especial futebol e ténis, embora não saiba o suficiente para escrever sobre qualquer um deles.                                                                                                                                                 A Francisca não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

FC PORTO vs CD TONDELA

  • 00DIAS
  • 00HORAS
  • 00MINUTOS
  • 00SEGUNDOS
FC PORTO x ESTORIL PRAIA
SPORTING CP x SANTA CLARA
PAÇOS FERREIRA x SL BENFICA