O imbróglio açoriano na subida ao Campeonato de Portugal Prio

    - Advertisement -

    Cabeçalho Futebol Nacional

    O Sport Clube Lusitânia é um dos clubes mais importantes dos Açores, e em especial da ilha Terceira. A delegação número 14 do Sporting Clube de Portugal, fundada em 1922, em Angra do Heroísmo, tem vindo a passar, nos últimos anos, por sérias dificuldades financeiras, que têm dificultado a vida a um clube que tem por objetivo disputar as competições nacionais do nosso futebol.

    Esta temporada, a sua terceira consecutiva nas divisões distritais açorianas, depois de ter descido em 2012/2013, o Lusitânia venceu a edição 2015/2016 da Liga MEO Açores, conquistando, por isso, o direito de disputar o Campeonato de Portugal Prio na próxima época. Isto se o único fator em causa fosse o desempenho desportivo dentro das quatro linhas, o que não é o caso.

    A legislação aplicada pela Direção Regional do Turismo do Governo dos Açores diz que são apoiadas financeiramente pela região apenas quatro equipas no CPP, ao abrigo dos contratos de promoção da região. Atualmente, na prova, anteriormente conhecida como Campeonato Nacional de Seniores (CNS), estão exatamente quatro conjuntos açorianos, sendo que todos eles já garantiram a manutenção: o Operário e o Sporting Ideal, ambos de São Miguel, são os dois primeiros classificados da fase de manutenção da Série E, tendo assegurado a permanência na prova, ao passo que os emblemas terceirenses, Angrense e Praiense, jogam a fase de subida da Zona Sul, ainda que nenhum tenha hipóteses de subir à Ledman LigaPro (II Liga).

    O Lusitânia conquistou a edição 2015/2016 da Liga MEO Açores Fonte: SC Lusitânia
    O Lusitânia conquistou a edição 2015/2016 da Liga MEO Açores
    Fonte: SC Lusitânia

    Há poucas semanas, havia ainda a possibilidade de o Santa Clara descer da segunda divisão, juntando-se aos seus conterrâneos no Campeonato de Portugal Prio, mas o conjunto micaelense já garantiu a manutenção. Desta forma, as quatro “vagas” açorianas no CPP da próxima temporada – que surgem por imposição do Governo Regional e não da Federação Portuguesa de Futebol – estão já preenchidas.

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Quinta dos Lombos 0-3 SL Benfica: E é dos encarnados, ao sabor do samba!

    A CRÓNICA: SIMPLICIDADE NOS PROCESSOS SAGRA SL BENFICA COMO...

    Além de Porro, há mais um defesa a chegar ao Tottenham

    É defesa central e vem da Bundesliga. Depois de...

    Fora do Ringue #15 – WWE Royal Rumble 2023

    NOVO PODCAST "FORA DO RINGUE" SOBREA ATUALIDADE DA WWE...

    Há chicotada psicológica na Segunda Liga

    A saída foi oficializada há instantes. Filipe Rocha e...

    PSV tem tudo acertado com Hazard

    Depois de Fábio Silva, a formação neerlandesa quer continuar...
    Gonçalo Tristão Santos
    Gonçalo Tristão Santoshttp://www.bolanarede.pt
    O Gonçalo tem um gosto tremendo pela escrita e pela atualidade desportiva. Deixa para a lenda do futebol britânico Bill Shankly a árdua tarefa de descrever a paixão que nutre pelo desporto rei: “Algumas pessoas acreditam que o futebol é uma questão de vida ou de morte. Estou muito desiludido com essa atitude. Garanto que é muito, muito mais do que isso”.                                                                                                                                                 O Gonçalo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
    Bola na Rede