Mais um fim-de-semana, mais uma jornada do Girabola. A 2.ª ronda do campeonato angolano jogou-se nos dias 17 e 18 de fevereiro, e o principal destaque vai para os muitos golos marcados: foram 16 nas seis partidas disputadas. Em seguida, irei falar dos jogos que se realizaram nesta segunda ronda do Girabola’18.

Com os dois candidatos ao título (1.º de Agosto e Petro de Luanda) a não jogarem devido aos seus compromissos nas competições africanas de clubes, os outros dois tiveram sortes distintas: o Kabuscorp conquistou os primeiros 3 pontos, ao passo que o Recreativo do Libolo foi derrotado.

Começando pelo Kabuscorp, a equipa de Sérgio Traguil entrava um pouco pressionada para esta jornada, depois do falso arranque na prova, devido à derrota na ronda inaugural (1-0 frente ao Recreativo da Caála). Perante o seu público, o clube do bairro do Palanca exibiu-se a um alto nível frente ao Sporting de Cabinda e construiu o resultado nos primeiros 45 minutos, muito por culpa de Nelito: o avançado angolano mostrou-se letal e fez um hat-trick, assumindo desde já a liderança dos melhores marcadores do Girabola.

A equipa do Kabuscorp a festejar juntos dos adeptos, um dos três golos apontados por Nelito, na vitória por 3-0 sobre o Sporting de Cabinda
Fonte: Girabola ZAP

No que diz respeito ao Rec. Libolo, o conjunto comandado por Kito Ribeiro não deu seguimento à boa entrada na edição de 2018 do campeonato. Com encontro marcado na província do Moxico, a turma libolense já sabia de antemão que iria ter uma deslocação bastante complicada à casa dos Bravos do Maquis, o que acabou por se confirmar: a equipa visitada levou a melhor e venceu a partida por duas bolas a zero. O Recreativo acabou por não aproveitar da melhor maneira para se isolar na liderança do campeonato.

Anúncio Publicitário

Quanto aos outros jogos realizados, o Interclube de Paulo Torres festejou a conquista da primeira vitória no Girabola, ao ganhar por 3-1 ao Recreativo da Caála, com um bis de Pedro Bengui. Quem também terminou a jornada a sorrir foi o Kuando Kubango, que bateu o Domant FC por 2-0, num duelo de recém-promovidos. A partida com o maior número de golos foi entre a Académica do Lobito e o JGM do Huambo, que acabou com o resultado de 3-2 a favor dos “Estudantes do Lobito”. O único encontro que “fugiu à regra” colocou frente-a-frente Sagrada Esperança e Desportivo da Huíla, e acabou com um nulo entre as duas equipas.

Em conclusão, foi uma jornada bastante positiva para os adeptos, já que puderam celebrar muitos golos nos diferentes jogos realizados. Com as equipas envolvidas a proporcionarem bons espetáculos, o futebol atrativo e de ataque foi a nota dominante nesta jornada, o que comprovou mais uma vez que o Girabola é, com toda a certeza, um campeonato de enorme qualidade!

Foto de Capa: Girabola ZAP