Mais um fim-de-semana repleto de ação no campeonato angolano! A 6.ª jornada do Girabola disputou-se nos dias 17 e 18 de março, e como já é hábito foi cheio de festa e muito futebol nos diversos estádios de Angola. Em seguida, uma análise pormenorizada aos jogos realizados nesta ronda.

Os dois primeiros classificados da edição anterior do Girabola, 1º de Agosto e Petro de Luanda, não disputaram os seus jogos, uma vez que tiveram compromissos para as competições africanas: o D’Agosto garantiu a passagem à fase de grupos da Liga dos Campeões (venceu 2-3 nas grandes penalidades o Bidvest Wits, da África do Sul), ao passo que o Petro foi eliminado da Taça CAF (derrota por 2-1 frente ao Supersport United, também da África do Sul).

O atual líder do Girabola sofreu a sua primeira derrota no campeonato. A jogar em casa e motivado pelo excelente início de prova, o Interclube queria somar mais três pontos. Contudo, não estava à espera da boa prestação dos Bravos do Maquis: a equipa visitante conseguiu aguentar o ímpeto caseiro e alcançou um triunfo importante, graças ao golo solitário de Eric Bokanga que, numa excelente jogada individual, marcou o único tento do encontro. Apesar da derrota, o Interclube mantém à mesma a liderança isolada, com 16 pontos.

A surpresa da jornada foi a vitória dos Bravos dos Maquis na casa do líder Interclube (0-1)
Fonte: GD Interclube

O Kabuscorp reagiu da melhor forma à derrota sofrida, frente ao 1.º de Agosto. Na visita ao estádio do Domant, o conjunto comandado pelo português Sérgio Traguil foi mais forte que o seu adversário, e conquistou os três pontos – esteve a perder, mas conseguiu dar a volta ao marcador, devido aos golos de Ebunga e Arouna. O triunfo permitiu ao Kabuscorp alcançar os 12 pontos.

Anúncio Publicitário

O Recreativo do Libolo continua a demonstrar algumas dificuldades em manter bons resultados. Nesta ronda, a equipa treinada por Kito Ribeiro deslocou-se à casa do outro Recreativo (o da Cáala) e saiu derrotado do encontro: o conjunto da casa venceu por 2-0, com os golos a serem apontados por Deco e Careca, ambos na segunda parte. A equipa do Libolo somou assim a terceira derrota em sete jogos já realizados.

Nos restantes encontros, os resultados finais foram tangenciais: o Sagrada Esperança bateu em sua casa o 1.º de Maio de Benguela por 2-1, e o FC Casa Militar recebeu e venceu por 1-0 o Progresso do Sambizanga.

Para concluir, esta jornada foi um belo exemplo de que esta edição será bastante incerta até ao final, visto que o líder Interclube foi surpreendido em casa e assim sofreu a sua primeira derrota. Será interessante descobrir como é que a equipa do português Paulo Torres irá reagir a este duro golpe. Na próxima jornada, veremos se o Interclube tem estofo para se assumir como candidato ao título.

Foto de Capa: Girabola Zap