logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Real Madrid jogadores

Club Atlético de Madrid 1-2 Real Madrid CF: Dérbi madrileno pende para o lado “blanco”

A CRÓNICA: VITÓRIA MERENGUE COM MUITO SAMBA À MISTURA

A contar para a sexta jornada da Liga Espanhola, o Club Atlético de Madrid recebeu o Real Madrid CF no Metropolitano, na partida de maior cartaz nesta ronda do campeonato do país vizinho.

O Atlético entrou bem no encontro, tentando visar desde cedo a baliza merengue e colocar-se na frente do marcador. Ainda assim, e apesar da boa réplica do colchoneros nos minutos iniciais da partida, foi mesmo o Real quem abriu as hostilidades, com Rodrygo a fazer o gosto ao pé, à passagem do minuto 18.

Os visitantes assumiram o controlo do jogo após o golo e, com uma eficácia extrema, ao segundo remate fizeram o segundo tento no encontro, desta feita por Valverde, ao minuto 36.

No segundo tempo, o Real foi-se mostrando cada vez mais confortável no encontro, face à vantagem de dois golos de que usufruía no marcador, ainda que o Atlético se tenha acercado cada vez mais da baliza defendida por Courtois.

A reação apropriada dos caseiros já veio tarde na partida, com Hermoso a reduzir aos 83 minutos, mas com a sua expulsão já no tempo de compensação, caíram por terra as esperanças da formação de Simeone em sair deste encontro com pontos.

Com este triunfo, o Real Madrid mantém a liderança no campeonato espanhol, com mais dois pontos que o FC Barcelona, enquanto o Atlético de Madrid fica a ocupar o sétimo posto da tabela classificativa.

 

A FIGURA

Federico Valverde – O médio uruguaio voltou a fazer uma grande partida com as cores do Real Madrid CF, tendo sido, na minha opinião, o melhor em campo, quer pelo golo apontado, como pela excelente exibição.

 

O FORA DE JOGO

FC Porto x Club Atlético de Madrid
Fonte: Bola na Rede

Geoffrey Kondogbia – O médio francês não esteve nos seus melhores dias, tendo passado, na minha opinião, um pouco ao lado do jogo.

 

ANÁLISE TÁTICA – CLUB ATLÉTICO DE MADRID

A formação orientada por Diego Simeone apresentou-se num sistema tático base em 3-5-2, com destaque para João Félix e Griezmann na frente de ataque. Os madrilenos entraram bem no encontro, mas sentiram o primeiro tento sofrido, ficando algo letárgicos desse momento em diante. Com uma desvantagem de dois golos, conseguiram reduzi-la nos últimos dez minutos e a reação adequada já veio tarde na partida.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Oblak (6)

Felipe (6)

Witsel (6)

Reinildo (6)

Llorente (6)

De Paul (7)

Kondogbia (6)

Koke (6)

Carrasco (6)

Griezmann (7)

 Félix (6)

SUBS UTILIZADOS

Morata (6)

Cunha (6)

Hermoso (7)

Correa (6)

Ñiguez (-)

 

ANÁLISE TÁTICA – REAL MADRID CF

Os comandados de Carlo Ancelotti apresentaram-se em campo num dispositivo tático em 4-3-3, com Rodrygo a substituir o lesionado Benzema na frente de ataque merengue. Vinícius Jr fez uma brilhante parceria com o compatriota e deram muitas dores de cabeça à defensiva adversária, que mostrou muita dificuldade em travá-los. Com um futebol pragmático, os merengues foram extremamente eficazes nas poucas oportunidades que tiveram, levando assim a melhor sobre os rivais.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Courtois (6)

Carvajal (7)

Militão (7)

Alaba (6)

Mendy (6)

Modrić (7)

Tchouaméni (7)

Kroos (7)

Valverde (7)

Rodrygo (7)

Vinícius Jr (6)

SUBS UTILIZADOS

Rüdiger (6)

Camavinga (6)

 Asensio (-)

Ceballos (-)

Licenciado em Comunicação Social, o Pedro procura construir os alicerces de uma futura carreira como jornalista desportivo. Apaixonado por futebol, nunca diz que não a uma boa partida do desporto rei.

Licenciado em Comunicação Social, o Pedro procura construir os alicerces de uma futura carreira como jornalista desportivo. Apaixonado por futebol, nunca diz que não a uma boa partida do desporto rei.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA