FC Barcelona | Saída de Koeman, “La Porta” aberta para Xavi

    Bola na rede saída do koeman

    É o adeus de uma lenda, o fim de uma era. Ronald Koeman foi demitido do cargo técnico e não é mais treinador do FC Barcelona. Finalmente, mais vale tarde do que nunca! Entretanto, o regresso de Xavi é cada vez mais uma realidade iminente. Mas primeiro, vamos atiçar a fogueira e falar um “pouco” mal de Koeman.

    Chegou à Catalunha num período negro e agarrou o projeto com um punho de ferro. Mas o que mudou? Além de lançar alguns excelentes jovens, nada. Até arrisco dizer que piorou. Na Liga dos Campeões, a história continuou a mesma: mau desempenho e humilhações europeias. Já na Liga Espanhola, ficou em terceiro lugar, cuja posição não ficava desde 2008. Nem com Setién, nem com Valverde… E para culminar, dos 16 jogos “grandes” que realizou, apenas três deles venceu (três empates e dez derrotas).

    Resumindo, um treinador com um futebol tático fraquíssimo num dos melhores clubes do mundo. Algo não batia certo. Durante os jogos, nem sabia o que fazer. A cara dele dizia tudo, quem viu sabe do que falo. Não tinha ideias e os resultados refletiam-no. Diria, com toda a certeza, que Ronald Koeman só aguentou tanto tempo por dois motivos: situação financeira catalã e pelo facto de ter sido uma lenda do clube, enquanto jogador.

    Contudo, o facto de ser uma lenda não pode justificar a sua continuidade, após tanto erro, tanta humilhação e tantas derrotas, além de não vencer nenhum clássico espanhol há tempos. Finalmente, o presidente Joan Laporta tomou a decisão certa. Inevitável e urgente.

    E agora, quem será o seu sucessor?

    Uma boa pergunta, mas tudo aponta para Xavi Hernández. Talvez por nostalgia, talvez (mesmo) pelo seu trabalho primoroso que tem vindo a fazer pelo Al-Sadd SC do Catar. Ontem, bateu o recorde do clube ao conseguir um registo de 34 jogos sem perder no campeonato, além de contar já com sete títulos em apenas dois anos. Sim, eu sei que é uma liga inferior em termos de qualidade, mas não deixa de ser um feito impressionante.

    Segundo o jornal catalão Sport, o FC Barcelona já tem acordo com Xavi e ao que tudo indica, será anunciado em breve. Podem muito bem estar a pensar: um treinador inexperiente no futebol europeu, também ele uma lenda do clube. Não poderá correr mal e ser um flop como Koeman? Óbvio que sim, mas e se correr bem? Pior que Koeman não será.

    O seu possível regresso traz consigo uma mensagem simbólica: fé e esperança a todos os dirigentes, jogadores e adeptos do FC Barcelona. Além disso, enquadra-se na perfeição: conhece a realidade do clube e tem o “tiki taka” no sangue e no seu estilo de jogo. Um estilo feroz e ofensivo em que predomina a posse e a circulação de bola. É impressão minha ou esta descrição grita literalmente FC Barcelona?

    Neste momento, é o que faz mais sentido. O caminho é para frente e é necessário uma nova abordagem, novas ideias para salvar o FC Barcelona da teia do fracasso. Um passo de cada vez para voltar a correr. Isto é, recuperar a forma temível e voltar a ser um dos melhores clubes do mundo. Desculpa, Koeman, mas abrir “la porta” a Xavi é o primeiro passo.

    Foto de capa: Carlos Silva/Bola na Rede

    Koeman

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Diogo Lagos Reis
    Diogo Lagos Reishttp://www.bolanarede.pt
    Desde pequeno que o desporto lhe corre nas veias. Foi jogador de futsal, futebol e mais tarde tornou-se um dos poucos atletas de Futebol Freestyle, alcançando oficialmente o Top 16 de Portugal. Atualmente, o Diogo está na Universidade Católica a estudar Comunicação Social com o objetivo de seguir uma carreira na área do jornalismo desportivo, sendo o futebol a sua verdadeira paixão.