FIGURA

Fonte: Chelsea FC

O belga foi novamente decisivo e peça chave no sucesso do Chelsea. Esteve sempre disponível para a sua equipa e se na primeira parte mostrou-se como determinante na criação de jogadas, na segunda foi importantíssimo pois conseguia com as suas arrancadas fulminantes tirar a sua equipa do meio campo defensivo, permitindo assim aliviar um pouco da pressão que o United criou.

Resumidamente falando: o jogo ganha-se com golos e o da final de hoje foi dele, num lance que só ele seria capaz de criar. Foi o homem da final, foi o homem da taça de Inglaterra.

 

Comentários