Liga da Bielorrússia está no Bola na Rede e nesta semana temos disponível para veres em direto o encontro entre os dois primeiros classificados do campeonato. O reconhecido BATE Borisov recebe a revelação, SFC Slutsk, num jogo que pode ajudar a definir o primeiro lugar deste campeonato, ao fim de nove jornadas.

Ambas as equipas somam 16 pontos na Liga, com os mesmos dados estatísticos: cinco vitórias, um empate e duas derrotas. O BATE tem apenas mais um golo marcado do que o SFC Slutsk (16 contra 15) e tem menos dois sofridos (9 contra 11).

Quanto à equipa do BATE, atravessa a melhor fase da temporada, fruto de seis jogos sem perder e quatro vitórias consecutivas. A turma de Borisov soma também um registo de golos assinalável nestes últimos quatro triunfos, já que marcou 12 golos nas últimas quatro partidas.

Já em relação ao SFC Slutsk, sofreu uma derrota na última jornada diante do Energetik-BGU Minsk e viu o seu registo invicto de cinco jogos consecutivos chegar ao fim. Ainda assim, convém assinalar que esta equipa do Slutsk tem conseguido marcar em quase todos os jogos do campeonato, tendo apenas falhado nesse capítulo diante do Dínamo Brest, na segunda jornada (derrota por 1-0, em casa).

Anúncio Publicitário

No confronto histórico entre as duas equipas, registam-se 16 jogos, com um domínio avassalador para a turma de Borisov. 15 vitórias para o BATE, nenhum empate e uma vitória apenas para a equipa do Slutsk. Quanto a golos marcados, a equipa do BATE já fez 38 contra o Slutsk, que apenas tem registados quatro remates certeiros contra a equipa do BATE Borisov. A única vitória desta equipa do Slutsk diante do BATE Borisov ocorreu em maio de 2017 (1-0, em casa).

COMO DEVERÁ JOGAR O BATE BORISOV

4-3-3: Shcherbitski; Filipovic, Volkov, Filipenko e Nastic; Yoblonski, Baga e Dragun; Nekhaychilik, Stasevich e Skavysh

COMO DEVERÁ JOGAR O SFC SLUTSK

4-2-3-1: Pankratov; Chebotaev, Obrasov, Koanda, Krivulkin; Takulov e Salou; Bala, Kozlov e Trubilo; Abdoul Gafar

JOGADOR A TER EM CONTA

Igor Stasevich – O experiente médio do BATE tem sido fulcral nesta recuperação da equipa de Borisov no campeonato. É peça chave no meio-campo, gere os ritmos de jogo da equipa e pode assumir um papel decisivo neste encontro. Os dois golos marcados nos últimos dois jogos não são fruto do acaso…

PALPITES DO ESPECIALISTA

Francisco Pinho Sousa
Cronista “Bola na Rede” e comentador “Eleven Sports”

 

Artigo revisto por Joana Mendes