Sempre nos habituamos a ver na Eredivisie, Liga Holandesa, a ser disputada pelas três grandes equipas do país, Ajax, PSV, e Feyenoord. Esta época parece que o paradigma aparenta mudanças. O Feyenoord, envolto numa enorme crise de resultados, é carta fora do baralho nas contas do título, o PSV a nove pontos do líder parece também descartado da luta pelo título, ao passo que o Ajax vai passeando no campeonato, liderando destacado, e secundado pela grande surpresa deste campeonato, o AZ Alkmaar.

O clube de Alkmaar que em 2008/2009 sagrou-se pela segunda vez na sua história campeão holandês, está a fazer um primeiro terço de época de encher o olho.

Depois de na época passada concluir o campeonato na quarta posição e com isso apurar-se para o playoff da Liga Europa, a jovem equipa está a conseguir lutar taco a taco com as melhores equipas do país, entusiasmando com o seu futebol atraente e com jovens de grande talento, do qual se prevê um grande futuro.

O timoneiro da equipa, Arne Slot, foi adjunto de John van den Bom, que treinou a equipa durante cinco temporadas, saindo esta época para o FC Utrecht, com o qual também está a fazer um bom trabalho.

Slot, de 41 anos, montou um plantel com um misto de juventude e experiência e os resultados estão à vista. Segundo lugar no campeonato, juntando a isso a melhor defesa e o segundo melhor ataque da Eredivisie. Na Liga Europa, e num grupo que contempla o todo poderoso Manchester United, o Partizan e o Astana, a equipa encaminha-se para a qualificação para as eliminatórias, estando também aí no segundo lugar do grupo.

No meio desta grande campanha despontam valores de enorme qualidade na equipa holandesa.

Nomes como Boadu, Calvin Stengs e Oussama Idrissi, podem ser desconhecidos para muitos mas são jogadores que mais cedo ou mais tarde vão dar o salto para campeonatos de renome.

Aliás, Calvin Stengs e Boadu foram chamados pelo selecionador Ronald Koeman para a equipa principal da Holanda, o que demonstra que estão aqui dois jogadores de enorme valor.

Fazendo rápidamente um raio x a estes dois jogadores, Boadu é um avançado bastante móvel, rápido e letal com sentido apuradíssimo de golo, vai ser com certeza um jogador com muito mercado no final de época.

Calvin Stengs, uma das grandes promessas do AZ Alkmaar e da Holanda
Fonte: Az Alkmaar

Calvin Stengs, também avançado, joga mais pelos flancos sendo o direito o preferencial. Esquerdino, faz bom uso do seu pé esquerdo sendo tecnicamente muito forte, com bom remate faz muitos golos fletindo do flanco para o centro.

Stengs, Boadu e Idrissi somam nada mais nada menos que 26 golos e 23 assistências juntos e a química entre eles é um dos segredos para o sucesso desta equipa.

O futebol holandês tem sido pioneiro em várias vertentes, basta lembrar que parte da receita que o Ajax conseguiu amealhar na Champions da época passada foi distribuída equitativamente por todos os clubes do campeonato, ajudando as equipas a tornarem-se mais competitivas.

O AZ investiu quer em jogadores da sua prospeção, quer em jogadores da sua academia e essa combinação, juntamente com jogadores com experiência noutros campeonatos de topo, são ingredientes que combinam na perfeição, perspectivando-se um futuro risonho para os lados de Alkmaar, talvez quem sabe, conseguindo repetir o feito de 2008/2009.

Mesmo que o clube venha a entrar numa espiral negativa, a verdade é que o AZ Alkmaar é definitivamente um clube a seguir, com futebol entusiasmante e jogadores de muita qualidade, e que vão certamente dar que falar no futuro.

Foto de Capa: AZ Alkmaar

Artigo revisto por Diogo Teixeira

Comentários