A CRÓNICA: «INFERNO» ROMENO EMPURROU DINAMO ATÉ À VITÓRIA

Depois de ter perdido no Pavilhão João Rocha por 25-26, os comandados de Thierry Anti deslocaram-se à Roménia para enfrentar novamente o CS Dinamo Bucuresti e os 2538 adeptos presentes no pavilhão que procuravam ver a sua equipa atingir os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, pela primeira vez na sua história.

Depressa se percebeu que o Sporting CP ia ter que suar para conseguir dar a volta à eliminatória dada a entrada da equipa da casa. Depois do 3-1 inicial favorável ao conjunto romeno, os leões acordaram e foram à procura do empate que chegou aos quinze minutos de jogo.

As coisas pareciam começar a sorrir à turma lisboeta depois da expulsão de Ante Kuduz, melhor marcador do Dinamo, mas foi mesmo a equipa da casa que se galvanizou e aumentou a sua vantagem até aos 9-6. Começava a notar-se uma tendência: cada vez que o Sporting se aproximava no marcador, as falhas técnicas começavam a aparecer e o Dinamo voltava a distanciar-se, e tudo ficou pior quando Luís Frade recebeu ordem de expulsão após uma cotovelada a um adversário.

Ao intervalo o marcador assinalava 14-12 favorável à equipa da casa, mas a segunda parte começou com os leões a chegarem novamente ao empate. No entanto, esse período foi sol de pouca dura. O conjunto romeno voltou à carga e, apoiado pelos milhares nas bancadas, aumentou a sua vantagem novamente.

Anúncio Publicitário

Com as individualidades leoninas a demorarem a aparecer e a frescura física a esfumar-se, começou a sentir-se que dificilmente o Sporting CP seria capaz de dar a volta ao marcador e à eliminatória. E assim foi. O Sporting CP perdeu por 26-24 e disse assim adeus à Liga dos Campeões, depois de na última época ter batido este mesmo CS Dinamo Bucuresti neste playoffs de acesso aos oitavos-de-final.

A FIGURA

Fonte: CS Dinamo Bucuresti

Mihai Alexandru Asoltanei – O ponta-esquerda romeno marcou sete golos nesta partida e terminou a eliminatória com um total de treze. Clínico nos remates de posto específico, foi o porto de abrigo do Dínamo.

O FORA DE JOGO

Fonte: Sporting CP

Frankis Carol – O lateral-esquerdo, tantas vezes o salvador dos leões, teve uma tarde para esquecer. Acabou o jogo em branco, tendo falhado os seus seis remates efetuados, foi duas vezes excluído por dois minutos e teve um conjunto de maus passes e perdas de bola que permitiram ao Dinamo marcar golos de contra-ataque.

ANÁLISE TÁTICA – CS DINAMO BUCURESTI

Tal como fizera em Lisboa, o Dinamo utilizou a vantagem física na defesa para desgastar os jogadores leoninos. Ao colocarem pressão na primeira linha sportinguista, atletas como Frankis Carol, Carlos Ruesga ou Edmilson Araújo iam-se desgastando e chegaram à fase final do encontro sem a frescura necessária. Já no plano ofensivo, aproveitaram a força de Mohamed Mamdouh Shebib na posição de pivot para abrir espaços que eram aproveitados.

7 INICIAL E PONTUAÇÕES

Mihai Asoltanei (8)

Mohamed Mamdouh Shebib (8)

Dan Savenco (6)

Ante Kuduz (5)

Kamel Alouini (7)

Razvan Gavriloaia (7)

Saeid Heidarirad (8)

SUBS UTILIZADOS 

Makrem Missaoui (6)

Stefan Vujic (7)

Amine Bannour (7)

Calin Hossu (6)

Nicusor Negru (6)

Muhamed Zulfic (7)

Raul Campos (8)

Jakov Vrankovic (7)

Seyed Ghalehmirz (6)

ANÁLISE TÁTICA – SPORTING CP

O Sporting chegou a este jogo sabendo das dificuldades que tinha pela frente, mas foi incapaz de ultrapassar o bloco defensivo montado pelos romenos. Thierry Anti dizia que era necessário fazer a defesa movimentar-se, mas dado o desgaste imposto ao longo de largos minutos, a primeira linha verde e branca não tinha a frescura necessária para impor velocidade. Para além disso, atletas como Carlos Ruesga e Frankis Carol tiveram exibições muito abaixo do que se esperava e o Sporting ressentiu-se.

7 INICIAL E PONTUAÇÕES

Matevz Skok (6)

Valentin Ghionea (7)

Nemanja Mladenovic (6)

Frankis Carol (4)

Luis Frade (5)

Arnaud Bingo (6)

Carlos Ruesga (5)

SUBS UTILIZADOS 

Edmilson Araújo (7)

Gonçalo Vieira (6)

Aljosa Cudic (6)

Tiago Rocha (6)

Carlos Carneiro (6)

Francisco Tavares (7)

Manuel Gaspar (7)

Marko Vujin (6)

Foto de Capa: EHF

Comentários