Benfica e Sporting enfrentaram-se, esta sexta-feira, no pavilhão da Luz, para o Campeonato Nacional de Andebol a contar para segunda jornada da fase final do grupo A. O Benfica entrou em campo com 39 pontos e o Sporting, que vinha de uma série de 22 jogos a vencer no campeonato, com 41 pontos, em igualdade pontual com o FC Porto (com um jogo a mais). O jogo marcado pelo fantástico apoio dos adeptos acabou 24-29 e deixa os leões isolados no 1º lugar.

O jogo começou e os adeptos do Sporting ainda não tinham acabado de encher a bancada reservada a apoiantes do Sporting. As duas equipas entraram bem no jogo, com muita concentração e a apostarem na solidez e agressividade defensiva. O Benfica marcou primeiro, mas o Sporting nunca descolou.

As equipas mantiveram-se a um golo de distancia até aos 22 minutos (7-9) – o equilíbrio entre as duas equipas e as excelentes exibições dos guarda-redes Hugo Figueira e Matevz Skok foram notáveis. Aos 25 minutos, o treinador da equipa do Benfica, Carlos Resende, pediu o primeiro desconto de tempo para tentar mudar o rumo do jogo. Mesmo antes do intervalo, Alexandre Cavalcanti foi excluído dois minutos (29:52). Ao intervalo, o marcador assinalava 10-12. O intervalo fez bem aos jogadores do Sporting, que voltaram para o campo em vantagem numérica e com vontade de ampliar a vantagem. O Benfica sofreu um parcial de 3-0 e ficou distanciado do Sporting. Aos oito minutos, os leões venciam o jogo por sete golos (12-19), fruto de um bom trabalho coletivo, com remates muito bem executados dos pontas Pedro Solha e Pedro Portela.

Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

O jogo parecia resolvido aos 13 minutos da segunda parte com a vantagem a manter-se, mas o Benfica a reagir com um parcial de 3-0 – o Benfica relançou-se no jogo e conseguiu estar a perder apenas por dois golos. No final o Sporting soube gerir o esforço e o resultado e acabou por conseguir os três pontos importantíssimos na casa do rival Benfica. Destacaram-se na equipa do Benfica Belone Moreira com sete golos (seis da marca de sete metros e 100% de eficácia) e Hugo Figueira com oito defesas. Do lado do Sporting destacaram-se Pedro Portela com seis golos marcados e Carlos Ruesga com cinco golos e um grande jogo realizado pelo central espanhol.

Anúncio Publicitário

O Sporting aumentou os jogos consecutivos a vencer para 23, e o Benfica passa a não depender de si próprio para a conquista do título nacional. O Sporting soma agora 44 pontos, mais três do que o Porto (41), e mais quatro do que o Benfica (39). Faltam apenas oito jogos para o final do campeonato nacional e o Sporting deu esta sexta feira santa um passo muito importante para poder conseguir conquistar o bicampeonato de andebol.

O jogo ficou ainda marcado pelas lesões de Matevz Skok (guarda redes titular do Sporting) e de Ricardo Pesqueira.

Equipas iniciais:

SL Benfica:

Hugo Figueira; João Pais, Davide Carvalho, João Silva, Nuno Grilo, Pedro Seabra, Ricardo Pesqueira

Sporting CP:

Matevz Skok; Pedro Solha, Pedro Portela, Frankis Carol, Edmilson Araújo, Carlos Ruesga, Tiago Rocha