Quem se lembra das aparições regulares dos Phoenix Suns de Steven Nash nos play-offs? Bem, a última aparição dos Suns nos play-offs foi em 2010. Depois dessa aparição, os Suns nunca mais voltaram à fase a eliminar da NBA – estiveram perto na última época, especialmente após o espetacular 8-0 na “bolha”. A equipa que tem como principais estrelas Devin Booker e Chris Paul, pode voltar a pisar esses palcos novamente.

A equipa surpreendeu vários apreciadores do desporto com o 10.º lugar, apenas não foram ao Play-In porque os Memphis Griezzlies têm o primeiro critério de desempate: o confronto direto – apenas uma vitória em quatro jogos para a equipa de Phoenix. Ora, na previsão de muitos para esta época, os Suns é umas das principais candidatas a agarrar um dos oitos lugares da Conferência Oeste que dá acesso aos play-offs. Atenção: o Play-In de 2020/21 vai contar com a presença do sétimo até ao décimo classificado, quatro equipas vão lutar por dois lugares.

Anúncio Publicitário

Voltando ao assunto principal, os Phoenix Suns é uma das principais favoritas a chegar aos play-offs, muito devido às mudanças realizadas na offseason. Fizeram ótimas mudanças. Acho que o cinco inicial dos Suns será este: Chris Paul, Devin Booker, Deandre Ayton, Jae Crowder e Mikal Bridges (não está por ordem de posições).

Apesar de terem perdido bons jogadores (Ricky Rubio, Kelly Oubre, Frank Kaminsky, Aron Baynes, etc), os Suns reforçaram-se com jogadores como Jae Crowder e Chris Paul, este último não precisa de apresentações. Jae Crowder foi um dos jogadores que mais me surpreendeu na última época. O seu desempenho pelos Heat foi formidável e chegou às finais da NBA. Que grande época.

É preciso salientar um nome que ainda não dei a devida importância: Deandre Ayton. Outrora o número 1 da classe de 2018. Uma classe que tinha nomes como Luka Doncic e Trae Young. Ayton é uma das principais peças da equipa de Phoenix: costuma ter mais de 10 ressaltos e pontos por jogo e é um ótimo jogador para receber os picks-and-rolls do Chris Paul. Por ter sido o primeiro da classe de 2018 e também por não ter o mesmo hype de Doncic ou de Trae, Ayton é talvez o rookie mais subvalorizado da mesma classe. Pode ser o ano em que o Ayton dá finalmente o salto como jogador.

O nome cujo que não precisa de apresentações é um futuro Hall of Fame. Um craque que conduziu uma equipa que tinha muitas poucas possibilidade para chegar aos play-offs a um sexto lugar. CP3 foi para uma equipa que durante várias época foi uma espécie uma “One man team”. Quem era esse jogador? Devin Booker, o jovem jogador que já marcou 70 pontos no TD Garden.

Nas últimas épocas muitos adeptos tinham um pensamento semelhante: “quando é que o Devin Booker sairá dos Suns?”. Muitos ficaram surpreendidos quando Booker renovou o contrato com a equipa de Phoenix. Agora, no dia de hoje, 22 de dezembro de 2020, a umas horas de começar a nova época da NBA, a escolha foi a mais acertada. Pela primeira vez em vários anos, há uma forte possibilidade dos Suns estar perto dos play-offs e têm um bom treinador para tentar alcançar o principal objetivo: Monty Williams, o melhor treinador da “Bolha”.

Será que os jogadores dos Suns vão ouvir “Welcome to the playoffs” em 2021?

Foto de Capa: Phoenix Suns

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome