As equipas já sabiam que a nova temporada ia ser atípica antes do início da época, incluindo os Denver Nuggets. Aliás, ao invés dos 82 jogos para cada equipa na época regular, a NBA decidiu que cada equipa ia fazer menos dez jogos do que é habitual. Devido a isso, era previsível haver surpresas na atual época, tanto positivas como negativas. Até ao momento, a equipa liderada por Michael Malone tem sido uma das desilusões.

Nikola Jokic e Jamal Murray são as duas grandes figuras de uma equipa que tem tido várias dificuldades na quadra, especialmente defensivamente. Na atual época, quando uma equipa defronta os Nuggets consegue, em média, acertar 47.1% dos lançamentos efetuados no decorrer das jogadas.

Apesar dessa lacuna, é preciso realçar a elevada qualidade que há na equipa. Os Nuggets estão na luta por um dos lugares da Conferência Oeste que dá acesso aos playoffs – está ainda mais complicado do que nas últimas épocas. Na época transata, a equipa de Denver não teve muita dificuldade e terminou no terceiro lugar da Conferência.

O principal jogador dos Nuggets é Nikola Jokic, sem dúvida. Em quase todos os jogos de cartas, a mais valiosa ou é a do Rei ou a do Às. Mas a mais importante, em Denver, é a do Joker.

Anúncio Publicitário

Na atual NBA é muito complicado para um poste ser a estrela da equipa, mas Jokic já demonstrou que é diferente dos demais. Além dele, só mesmo Joel Embiid, dos Philadelphia 76ers. O basquetebolista da Sérvia não só sabe lançar como também sabe passar. Não é ao acaso que ele é o atual recordista de triplo-duplos nos Nuggets e o nono de toda a história da NBA, com 47 triplo-duplos.

Está a ser a melhor época do Joker na NBA. Até ao momento, Jokic está, em média, com 27.1 pontos por jogo, 11.3 ressaltos por jogo e 8.6 assistências por jogo. Além disso, a estrela dos Nuggets está no top dez dos jogadores nos pontos por jogo (oitavo lugar), assistências por jogo (quinto), ressaltos por jogo (nono) e de roubos de bola por jogo (nono). Assim, sem surpresa, o Joker é um dos nomes mais falados para a conquista do prémio MVP da época 2020-21. Ainda tem uma longa época pela frente, mas a possibilidade ainda não foi descartada. Ele é de outro mundo, sem dúvida.

Outro jogador que também tem grande destaque nos Nuggets é Jamal Murray. O basquetebolista canadiano foi extremamente importante nos playoffs no ano passado. Os Nuggets chegaram à final da Conferência Oeste, onde foram eliminados pelos Los Angeles Lakers, mas antes tiveram de derrotar os Utah Jazz e os Los Angeles Clippers. Na primeira ronda, Jamal Murray foi fulcral na passagem. De um lado, Donovan Mitchell estava endiabrado. E do lado oposto, Murray também estava. E fizeram história no jogo 4: Jamal Murray e Donovan Mitchell marcaram 50 e 51 pontos, respectivamente, e foram os primeiros adversários a marcar 50 pontos num jogo de playoffs.

Na atual época, Murray continua com uma média de pontos por jogo semelhante à das últimas duas épocas. Apesar disso, Jamal precisa de subir o seu nível nos próximos jogos. Talvez, o basquetebolista canadiano não estava à espera de sentir tanta pressão após os últimos playoffs.

Um jogador que está a crescer imenso na atual época é Michael Porter Jr. Apesar de ainda ter uma curta carreira, Porter Jr. já teve várias lesões. Aliás, ele não realizou qualquer jogo na sua primeira época devido a uma lesão nas costas. Na época passada – que também foi a sua primeira com jogos oficiais -, o basquetebolista de 22 anos apenas começou em oito dos 55 jogos que participou. Agora, Porter Jr. já começou em dez dos 17 jogos que já realizou. Além disso, está com uma média de 13.6 pontos por jogo e 6.1 ressaltos por jogo. Ainda tem um longo caminho pela frente, mas é um jogador com muito potencial.

Os Nuggets possuem vários jogadores com boa qualidade. Gary Harris, Paul Millsap, Monte Morris, Will Barton, Gerald Green, Fabio Campazzo e Jamychal Green são os outros jogadores que fortalecem a equipa de Denver. O rookie R.J. Hampton está a cumprir o seu papel. E os Nuggets tem um dos basquetebolistas mais altos da liga, Bol Bol, com 2.18 metros.

A equipa de Denver também tinha um jogador que cresceu imenso na atual época, Jerami Grant. O atual extremo dos Detroit Pistons está a jogar a um nível de all-star. Até ao momento, Grant está com uma média de 23 pontos por jogo, 5.4 ressaltos por jogo e três assistências por jogo. A mudança de papel na equipa foi importante para o desenvolvimento rápido do basquetebolista de 26 anos.

Na última época, os Nuggets surpreenderam quando chegaram à final da Conferência Oeste, quando muitos previam um duelo entre equipas de Los Angeles. Foi a quarta vez que chegaram à final da sua Conferência, mas nunca ganharam. Três delas foram contra o vencedor da última liga, os Los Angeles Lakers. Apesar de um mau início de época, acredito que os Nuggets vão chegar aos playoffs. A luta vai ser complicada e Jokic não pode fazer tudo sozinho.

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome