2. 

Os 81 pontos – Na época 2005/2006, aquela que viria a ser a mais forte, estatisticamente, de Kobe Bryant, a 22 de Janeiro de 2006 marcou 81 pontos numa vitória sobre os Toronto Raptors.

Contra uma equipa que não era forte candidata ao título, mas os Lakers de Kobe também se encontravam a meio dos oito candidatos a playoff da conferência Oeste, Kobe Bryant deixou o mundo do basquetebol estupefacto. Kobe Bryant viria a marcar 26 pontos apenas na primeira parte e, não estando satisfeito, marcou mais 55 pontos na segunda parte. Uma segunda parte que viu múltiplos defesas diferentes em Kobe, bem como alguns 2 para 1 e até 3 para 1 na defesa. Mas nada viria a parar o tiro certeiro de Kobe que, da linha de lance livre, viria a marcar o 81.º ponto, tornando-se assim na segunda melhor marca da história da NBA (atrás dos 100 pontos de Wilt Chamberlain) e a melhor da era moderna do Basquetebol.

1
2
3
4
5
6
7
Artigo anteriorAcadémica OAF 2-0 Académico de Viseu FC: O duelo de académicos foi vencido pela Sra. Dra. Briosa
Próximo artigoA alma portista desvaneceu-se no nevoeiro da Invicta
Pratica desporto desde os cinco anos, idade em que começou a jogar Basquetebol. Jogou ao serviço da Associação Desportiva Ovarense durante 12 anos (nos quais três foi campeão distrital de Aveiro). É licenciado em Gestão (ensino em Inglês) pelo ISEG e estudante no Mestrado de Finance pela mesma instituição. Instituição pela qual ainda pratica Basquetebol, tendo conseguido chegar ao Top-8 Nacional em duas épocas consecutivas. É uma pessoa com uma paixão pela modalidade e com uma forte opinião sobre a mesma, sempre aberto a diferentes visões e novas experiências.                                                                                                                                                 O Vicente não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.