Anterior1 de 5Próximo

Num mercado muito mexido, várias foram as figuras de proa do mundo do ciclismo que trocaram de cores. Com os plantéis dos principais conjuntos praticamente todos fechados, podemos analisar as transferências do defeso 2019/2020 e destacar cinco que certamente terão grande impacto para a época que se avizinha.

5.

Fonte: Milano-Sanremo

Vincenzo Nibali (Trek-Segafredo)- O veterano italiano não tem nada a provar e esta mudança já era esperada há muito tempo. De qualquer modo, o tubarão quererá mostrar que continua com força para vencer e, entre GTs, Clássicas e Jogos Olímpicos, será a maior arma da Trek para conseguir um triunfo de topo e manter a senda vencedora recente do título mundial de Pedersen e do Monumento de Mollema.

Anterior1 de 5Próximo

Comentários