Anterior1 de 2Próximo

Cabeçalho modalidades

Em 2016, os Campeonatos Europeus de Ciclismo de Estrada passaram a contemplar provas na categoria de elites, com a intenção de instituir a esta prova como de referência no mais histórico continente do panorama ciclístico. A edição deste ano, realizada em Herning, na Dinamarca, voltou a mostrar que ainda há muito para melhorar.

Sendo uma prova que ainda não atrai muitos dos grandes nomes do ciclismo europeu, teria de tentar compensar pela qualidade da organização, mas as falhas foram várias e precisam de ser corrigidas para o futuro.

Desde logo, até poucas horas antes do evento, apenas estavam disponíveis listas de participantes provisórias, incluindo vários ciclistas que não estariam presentes e a falta de informação levou a alguma confusão e a relatos contraditórias sobre a presença de certos candidatos à vitória.

Europeus ficaram marcados por críticas à organização Fonte: 2017 European Road Cycling Championships
Europeus ficaram marcados por críticas à organização
Fonte: 2017 European Road Cycling Championships

O sistema para seguir online os tempos provisórios do contrarrelógio também apresentou erros, tendo o mais marcante ocorrido no categoria de Sub23 masculino, em que quem seguia a prova via como garantida a vitória para Mikkel Bjerg, mas um golpe de teatro revelou que os tempos de Kasper Asgreen não tinham sido registados e que seria este o mais veloz.

A mais grave falha ocorreu na prova feminina Sub23, quando uma cidadã de bicicleta entrou pelo percurso adentro, resultando na queda e desistência de Lucy Shaw, ainda que sem consequências físicas graves. Felizmente, apenas a ciclista britânica foi afetada e escapou sem grandes mazelas, mas o erro da organização foi grave e poderia ter custado caro às participantes.

Na vertente desportiva, os esforços individuais contra o tempo foram os primeiros a ser disputados. No primeiro dia, sagraram-se campeões europeus de contrarrelógio Elena Pirrone (júniores femininos), Andreas Leknessund (júniores masculinos) e Pernille Mathiesen (Sub23 femininos).

Foto de Capa: 2017 European Road Cycling Championships

Anterior1 de 2Próximo

Comentários