Anterior1 de 2Próximo

A segunda etapa da Volta ao Algarve foi o primeiro grande teste aos ciclistas, que teriam de subir ao ponto mais alto do Algarve, a Fóia. Num percurso com 187,4 km que terminou com uma subida bastante dura, o vento não foi grande ajuda. 

Logo à partida, não alinharam Luís Mendonça (Rádio Popular – Boavista) e Aleksandr Grigorev (Sporting/Tavira) como consequência da queda do dia anterior.

Esta etapa de montanha ficou marcada pelas várias tentativas de fuga nos últimos 40Km. Nas primeiras rampas da Pomba, Riccardo Zoidl (CCC Team) e Amaro Antunes (CCC Team) iniciaram uma fuga conjunta. 

Amaro Antunes da CCC Team esteve durante vários quilómetros na frente da corrida. Viria a terminar na quinta posição
Fonte: Ana Rita Nunes

Perto de chegar ao alto da Pomba Domingos Gonçalves (Caja Rural – Seguros RGA), João Benta (Rádio Popular – Boavista), Raúl Alarcón e João Rodrigues (W52 – FC Porto) faziam parte do grupo perseguidor.

A 16 km da meta, depois de um grande trabalho da Team SKY e da Deceuninck Quick-Step, todos os fugitivos foram apanhados pelo pelotão.

A equipa da SKY na liderança d pelotão no início da subida para o Alto da Fóia
Fonte: Ana Rita Nunes
Anterior1 de 2Próximo

Comentários