A época de Superbikes começou este fim-de-semana na Austrália, na pista de Phillip Island. Após os testes de inverno em Portugal, Jonathan Rea e a Kawasaki World Team começaram a defesa da sua coroa no outro lado do mundo.

A primeira corrida viu Tom Sykes a partir da pole position acompanhado de Eugene Laverty e Marco Melandri na terceira posição. Um início de corrida absolutamente brilhante de Rea, em que o campeão partiu da sexta posição, mas na primeira curva já se encontrava em segundo, logo atrás do seu companheiro de equipa.

Esperava-se um pódio com as duas Kawasakis oficiais, mas não foi o que aconteceu. Primeiro Rea, com problemas com o seu pneu traseiro viu o feroz italiano, Melandri passa-lo com facilidade (a mota de Melandri foi das mais rápidas em velocidade de ponta). De seguida foi a vez de Sykes cair nas garras de Melandri, este ultrapassou-o na reta da meta, a uma volta do fim e garantido a primeira vitória do ano. De notar que Melandri nesta pista australiana já ganhou em várias categorias, 125cc, 250cc e no Moto GP. A completar o pódio esteve Chaz Davies da Ducati. Nota para Xavi Fores- o piloto de 33 anos consegui um sublime quarto lugar.

Anúncio Publicitário
O campeonato do mundo começou mais uma vez na Austrália, brindando-nos com corridas espetaculares
Fonte: Chaz Davies

 

A primeira Honda chegou em sétimo, Leon Camier, sendo que o seu colega de equipa, o americano Jake Gagne teve um fim-de-semana pouco conseguido, terminando em décimo segundo.

Na marca dos três diapasões, a Yamanha, Alex Lowes consegui terminar acima do seu colega de equipa, Michael Van der Mark. Os pilotos das Yamanha terminaram em sexto e nono respetivamente.

A Aprillia levou Eugene Laverty a um brilhante segundo lugar na qualificação, mas na primeira corrida a marca italiana continua a ficar muito aquém das expetativas, sendo que a sua única entrada, Laverty, chegou em oitavo. No retorno de Loris Baz ao mundial de Superbikes, o piloto da BMW terminou em décimo primeiro.