Cerveja e Luz

    - Advertisement -

    cab desportos motorizados

    Há quem diga que o cão é o melhor amigo do homem. Neste momento, Neuville e a Hyundai não concordam. Para o belga e a sua equipa, a melhor companhia do homem é a cerveja.

    Neuville terminou em terceiro o rali do México, mas foi complicado confirmar este pódio. O motor do i20 WRC estava sobreaquecido e não estava a funcionar. Por incrível que pareça, o belga usou Corona – uma marca mexicana – para conseguir chegar ao parque fechado final, e assim garantir o terceiro lugar ganho em prova. Foi o primeiro pódio dos coreanos, que, assim, dão mais um passo em frente no seu desenvolvimento.

    Quanto à frente da corrida, voltou tudo ao normal. Ogier venceu e Latvala ficou em segundo. O domínio da Volkswagem é cada vez mais evidente e não me parece que este ano, em condições normais, alguém os bata.

    O momento em que Nicolas Gilsoul (co-piloto do belga) tenta arrefecer os “ânimos” do motor.  Fonte: Autosport.pt
    O momento em que Nicolas Gilsoul (co-piloto do belga) tenta arrefecer os “ânimos” do motor.
    Fonte: Autosport.pt

    Mas não foi só no México que se disputaram ralis no passado fim de semana. Em Guimarães, tivemos a segunda prova do nacional de ralis, que valeu a segunda vitória a Pedro Meireles. O vimaranense ganhou por três décimos de segundo (!) a prova, organizada pelo Targa Clube, batendo na última especial Ricardo Moura. O tricampeão nacional, no final da prova, assumiu a culpa pelo erro que lhe custou a vitória. Antes de partir para a estrada desta última PEC, disputada de noite, não ligou a calandra para obter mais luz.

    É preciso dar também o mérito ao vencedor, pois acreditou sempre nas suas capacidades e conseguiu recuperar os 3s1 que tinha de desvantagem para o açoriano. Uma verdadeira mostra de valor do vimaranense, que, reconheço, está a obrigar-me a pensar sempre que falo dele e das suas capacidades.

    É ainda importante falar de João Barros, de José Pedro Fontes e da Suzuki. Barros ficou em terceiro na prova e, não fossem problemas na direção assistida do seu Fiesta R5, poderia ter estado a discutir a vitória. Fontes estreou o Porsche com que vai correr nas provas de asfalto e mostrou as suas mais valias até ter problemas na caixa de velocidades do carro, numa altura em que liderava a prova.

    Por fim, falo da Suzuki. A filial espanhola desta marca veio a Guimarães para o início da Copa Suzuki com os seus dois Swift S1600. Era muito bom que em Portugal houvesse algo do género.

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Avançado reforça líder da Segunda Divisão Inglesa

    Michael Obafemi, internacional irlandês deixa o Swansea por empréstimo,...

    Gil Vicente oficializa reforço para o centro da defesa

    Gabriel Pereira é reforço do Gil Vicente, chegando do...

    Barcelona continua atento à situação de João Félix

    João Félix segue no radar do Barcelona, apesar de...

    Proposta do PSG rejeitada por presidente de clube francês

    O PSG fez uma oferta por Rayan Cherki, jogador...

    Fran Navarro pode deixar Gil Vicente

    Fran Navarro já terá acordo com o Celta de...
    Rodrigo Fernandes
    Rodrigo Fernandeshttp://www.bolanarede.pt
    O Rodrigo adora desporto desde que se lembra de ser gente. Do Futebol às modalidades ditas amadoras são poucos os desportos de que não gosta. Ele escreve principalmente sobre modalidades, por considerar que merecem ter mais voz. Os Jogos Olímpicos, por ele, eram todos os anos.                                                                                                                                                 O Rodrigo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
    Bola na Rede