Antevisão GP Itália: Bottas impõe-se no sprint, mas é Verstappen quem sai a ganhar

    - Advertisement -

    A ANTEVISÃO: PENALIZAÇÃO DE BOTTAS E MAU ARRANQUE DE HAMILTON DEIXAM A MERCEDES COM MUITO TRABALHO PARA A CORRIDA

    A história do segundo sprint da Fórmula 1 começou a escrever-se na qualificação de sexta-feira. Valtteri Bottas tinha garantido vantagem para a prova de hoje, mas ficou a saber-se que o finlandês da Mercedes iria começar a corrida nos últimos lugares da grelha, pela troca de unidade motriz (a quarta do ano) e pela substituição do controlo eletrónico do motor, independentemente do que fizesse no sprint.

    Por isso, antes da prova começar, especulava-se se Bottas iria ser jogador de equipa e deixar Lewis Hamilton passar, bloqueando a passagem a Max Verstappen e aos restantes pilotos que se seguissem. Nada disso acabou por acontecer, porque o arranque de Hamilton foi bastante mau. Se Bottas manteve o primeiro lugar, Hamilton foi engolido por quatro carros (Verstappen, os dois McLaren de Daniel Ricciardo e Lando Norris, que começaram de pneus macios, e o AlphaTauri de Pierre Gasly).

    Só que, na curva 1, Gasly tinha batido ao de leve na traseira do carro de Ricciardo, e, enquanto passava pela Curva Grande, a asa da frente do piloto francês foi para debaixo dos pneus da frente, levando Gasly a ir à gravilha e contra a barreira, o que levou à chamada do Safety Car (não sem antes haver contacto entre o AlphaTauri de Yuki Tsunoda e o Alfa Romeo de Robert Kubica, que provocou um pião do polaco).

    No recomeço, Bottas voltou a arrancar bem e conseguiu sempre controlar a prova até ao fim, com Verstappen a seguir sempre também confortavelmente em segundo (e a não atacar muito o primeiro lugar, sabendo da penalização de Bottas). Ricciardo e Norris seguiram-se (o australiano ultrapassou o britânico no primeiro arranque), com Hamilton em quinto a não conseguir ultrapassar Norris, apesar das várias tentativas. Os pilotos da Ferrari, Charles Leclerc e Carlos Sainz, aproveitaram o azar de Gasly para subirem uma posição cada um (sexto e sétimo), com Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) a fazer também ele um belíssimo trabalho e a subir para a oitava posição.

    Sergio Pérez terminou em nono com o outro Red Bull, tendo um momento interessante com Lance Stroll. O canadiano da Aston Martin, que começou com pneus macios usados, ultrapassou o mexicano na quinta volta, com Pérez a reconquistar a posição na nona volta, mas ilegalmente, tendo saído de pista e voltando à frente de Stroll. Meia-volta depois, o engenheiro do mexicano disse para ele devolver o lugar e Pérez conseguiu mesmo ultrapassar Stroll, desta vez de forma correta, na volta seguinte. Stroll terminou o sprint em décimo.

    Portanto, contas feitas, Bottas leva três pontos, Verstappen dois e Ricciardo um ponto, uma vez que foram os três mais rápidos do sprint. Mas aplicada a penalização ao finlandês, Verstappen vai arrancar da pole position, seguido de Ricciardo e Norris. Hamilton será quarto, à frente da dupla da Ferrari composta por Leclerc e Sainz. Giovinazzi, que ainda não tem o futuro na Alfa Romeo, começa a corrida em sétimo, seguido de Pérez, Stroll e Fernando Alonso (Alpine), que foi 11.º, mas começa no top-10.

    Sebastian Vettel, no segundo Aston Martin, e Esteban Ocon, no segundo Alpine, vêm em 11.º e 12.º, com os Williams de Nicholas Latifi e George Russell atrás. Tsunoda conseguiu recuperar do choque com Kubica e foi 16.º, começando a corrida em 15.º. Nikita Mazepin começou o sprint em último, mas terminou-o em 17.º, à frente de Kubica e do outro Haas de Mick Schumacher. Pierre Gasly e Valtteri Bottas partirão da última linha da grelha, apesar da vitória do finlandês na prova de hoje.

    E por isso, num fim de semana em que a Mercedes tem estado a controlar desde o início, as coisas sofreram uma reviravolta grande. Verstappen está agora literalmente na pole position para sair de domingo a sorrir, com os McLaren entre Hamilton e pelo menos um pódio. Lembrando que o holandês já ganhou dois pontos ao britânico só com a prova de hoje, a corrida de amanhã promete ser fascinante.

    Foto de Capa: Fórmula 1

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Leeds próximo de oficializar ex-Juventus

    Weston McKennie vai assinar pelo Leeds United FC até...

    Inter pensa em ex-Benfica e em português para a defesa

    Segundo Fabrizio Romano, o Inter de Milão já sonda...

    Chelsea contrata novamente no mercado francês

    Após a chegada de Benoit Badiashile, o Chelsea FC...

    Mourinho perdeu reforço sonante mas ficou a sorrir

    A AS Roma teve tudo acertado para contratar Dusan...

    Olheiro BnR | Gonçalo Borges

    Lisboeta de origem, Gonçalo Borges tem vindo passo a...
    Bernardo Figueiredo
    Bernardo Figueiredohttp://www.bolanarede.pt
    O Bernardo é licenciado em Comunicação Social (jornalismo) na Universidade Católica de Lisboa e está a terminar uma pós-graduação em Comunicação no Futebol Profissional, no Porto. Acompanha futebol atentamente desde 2010, Fórmula 1 desde 2018 e também gosta de seguir ténis de vez em quando. Pretende seguir jornalismo desportivo e considera o Bola na Rede um bom projeto para aliar a escrita ao acompanhamento dos desportos que mais gosta.
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Bola na Rede