spot_imgspot_img

    Antevisão GP Países Baixos: Max, Max, Max, Super Max

    modalidades cabeçalho

    A ANTEVISÃO: EM CASA, VERSTAPPEN VOOU MAIS ALTO QUE LECLERC E GARANTIU A POLE POSITION

    A Fórmula 1 está de volta aos Países Baixos pelo segundo ano consecutivo, depois de, no ano passado, ter encerrado um intervalo de 36 anos sem qualquer corrida neste circuito. Zandvoort recebe assim a décima quinta prova do campeonato, liderado por Max Verstappen que cada vez mais se distancia da concorrência.

    O dia de ontem começou animado para os rapazes da Mercedes que cravaram os melhores tempos na primeira sessão de treinos livres, ao fazerem o 1-2 com Russell e Hamilton, respetivamente. Esta boa performance dos Mercedes estendeu-se ao longo do dia com Hamilton a ficar a menos de uma décima de Leclerc, na segunda sessão de treinos. Sessão que a Ferrari acabou por dominar, com o monegasco e Sainz a ocuparem as duas primeiras posições. Max Verstappen acabou por rodar pouco nestas duas sessões, muito por culpa de um problema no seu monolugar na primeira sessão.

    A manhã de sábado começou como a tarde de sexta findou. Ferrari e Mercedes muito bem, onde Charles voltou a ser o piloto mais rápido em pista, seguido do britânico George Russell da Mercedes.

    As sessões de treino perspetivavam um fim-de-semana bastante animado com os dez primeiros carros a caberem no espaço temporal de um segundo.

    Com o início da qualificação ficámos logo a perceber que a perspetiva vinda dos treinos estava correta. Uma luta bastante animada na frente com Max Verstappen a cravar o melhor tempo da Q1, seguido de Lewis Hamilton (+0.014) a fazer lembrar a temporada passada. Sessão onde dezoito dos vinte carros ficaram separados por menos de um segundo. De fora acabaram por ficar Latifi, Vettel, Ricciardo, Magnussen e Bottas.

    Já na segunda sessão de qualificação, Carlos Sainz levou a melhor perante os demais fazendo a melhor volta da sessão. A grande surpresa foi a eliminação dos dois Alpine, bem como as passagens de Tsunoda, Stroll e Schumacher à Q3. De fora ficaram ainda Albon, Zhou e Gasly.

    Na decisão da pole position para a corrida de amanhã, Verstappen voltou a dizer presente e, em casa, voou um pouco mais alto que Leclerc para garantir o primeiro lugar da grelha de partida. O monegasco ficou muito perto do neerlandês (+0.021) com o seu companheiro de equipa, Carlos Sainz a fechar o pódio. Um despiste de Sergio Perez na última tentativa de qualificação acabou por impedir os Mercedes de lutar pela pole.

    Num resumo geral, creio que este fim-de-semana será muito animado, se o ritmo de qualificação se verificar na corrida de amanhã.

    Foto de Capa: Red Bull Racing

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    O incrível golo de André Gomes pelo LOSC Lille

    Este é daqueles para ver e rever. André Gomes...

    Dias de sonho para Ronaldinho: foi premiado e filho assinou pelo FC Barcelona

    Têm sido, certamente, uns dias agradáveis para Ronaldinho Gaúcho,...

    Moreirense FC de luto: faleceu Joaquim Pereira da Silva

    A formação de Moreira de Cónegos está de luto....

    Sérgio Conceição confirma ausências para o jogo da Taça de Portugal

    Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, confirmou que alguns...

    A folha salarial do agora aflito Manchester City FC

    A vida não está fácil para o lado azul...
    Duarte Amaro
    Duarte Amarohttp://www.bolanarede.pt
    Duas são as paixões que definem o Duarte: A Comunicação e o Desporto. Desde muito novo aprendeu a amar o desporto, muito por culpa dos intervenientes que o compõem. Cresceu a apreciar a mestria de Guardiola, a valentia de Rossi e a habilidade de Hamilton, poder escrever sobre estes é algo com que sempre sonhou.
    Bola na Rede