Antevisão GP Grã-Bretanha: Mercedes impõe-se em Silverstone

    modalidades cabeçalho

    A ANTEVISÃO: RUSSELL ALCANÇA POLE EM SILVERSTONE, COM HAMILTON E NORRIS EM SEGUNDO E TERCEIRO, SEGUIDOS DE VERSTAPPEN

    Uma semana depois de uma vitória inesperada no Grande Prémio da Áustria, George Russell deu sequência ao bom momento, com a pole position no Grande Prémio caseiro. Em Silverstone, os britânicos estiveram em grande plano, com os três nas primeiras três posições.

    Numa qualificação que começou à chuva (algo que anima sempre as coisas), mas que foi secando e já permitiu a utilização de pneus de piso seco na Q3, foi Russell a fazer a melhor volta, com 1:25.819 minutos, batendo o seu colega de equipa Lewis Hamilton por 0.171 segundos. Lando Norris, que estava a milésimos de Russell após a primeira volta, não conseguiu melhorar na segunda tentativa e acabou por ficar em terceiro.

    Já Max Verstappen iria sempre ter vida difícil depois de uma saída para a gravilha na Q1 lhe ter provocado danos no fundo do carro. O campeão do mundo, apesar de tudo, conseguiu chegar à Q3 e qualificar-se no quarto lugar, a menos de quatro décimos da pole, batendo Oscar Piastri, que sai de quinto. Nico Hulkenberg voltou a surpreender com o Haas, qualificando-se à frente do Ferrari de Carlos Sainz e ainda de Lance Stroll, Alexander Albon e Fernando Alonso.

    Destaques negativos para Charles Leclerc e Sergio Pérez. Começando pelo monegasco, a Ferrari cometeu um erro estratégico durante a Q2, com o piloto a fazer toda a Q2 com os mesmos pneus, algo que acabou por lhe custar a eliminação e o 11.º lugar para amanhã. Já o mexicano continua a sua quebra de desempenho e foi 19.º na qualificação, apenas à frente de um Pierre Gasly que já estava penalizado por troca de componentes no seu Alpine e não procurou um tempo mais competitivo. A eliminação de Pérez explica-se também por uma saída para a gravilha na Q1, mas, ao contrário de Verstappen, o carro número 11 ficou mesmo lá preso.

    Para amanhã, numa corrida que já costuma ser animada, há boas perspetivas de uma animada luta pela vitória, possivelmente entre Verstappen, Norris e os pilotos da Mercedes. É mesmo a equipa germânica que parte em vantagem, pela posição na grelha à partida, mas resta saber como vão ser os ritmos de corrida.

    EQUIPA A TER EM CONTA

    Mercedes – É preciso dar mérito a quem o tem e a Mercedes tem surgido para as últimas provas com um carro mais competitivo, que lhes permite lutar por pódios, poles e ocasionalmente por vitórias. Com um brilharete em qualificação, a Mercedes tem uma palavra a dizer amanhã, mais ainda com pista molhada.

    PILOTO QUE PODERÁ SURPREENDER

    Nico Hulkenberg – O alemão da Haas vem de um excelente sexto lugar no Grande Prémio da Áustria, tendo aguentado Sergio Pérez atrás de si. Nesta qualificação, Hulk ficou apenas atrás dos Mercedes, dos McLaren e de Max Verstappen, abrindo água na boca para mais um bom resultado nos pontos amanhã.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    PUB

    spot_img

    Artigos Populares

    Bernardo Figueiredo
    Bernardo Figueiredohttp://www.bolanarede.pt
    O Bernardo é licenciado em Comunicação Social (jornalismo) na Universidade Católica de Lisboa e está a terminar uma pós-graduação em Comunicação no Futebol Profissional, no Porto. Acompanha futebol atentamente desde 2010, Fórmula 1 desde 2018 e também gosta de seguir ténis de vez em quando. Pretende seguir jornalismo desportivo e considera o Bola na Rede um bom projeto para aliar a escrita ao acompanhamento dos desportos que mais gosta.