A Ferrari confirmou o sucedido de há oito dias atrás no Bahrain, que está, finalmente, melhor que a Mercedes quer em ritmo de corrida quer em qualificação. Sebastian Vettel conquistou a sua 52ª Pole Position da carreira, com Raikkonen a partir da segunda posição e Bottas em terceiro a superar o campeão em título Hamilton.

Os treinos livres demonstraram um Hamilton com um bom ritmo, não tivesse ido o próprio a conquistar o primeiro lugar da primeira e segunda sessão. A realidade apareceu na terceira sessão de treinos livres, quando Vettel e Raikkonen deram mais de 0,7s a Bottas, naquele que era o melhor dos Mercedes!

1ª linha Ferrari pela 2ª vez consecutiva este ano
Fonte: Fórmula 1

Na qualificação, nas três fases, os Ferraris foram sempre superiores quando foram chamados para tal. Sendo Raikkonen mais veloz que o alemão até então, Vettel superou-se a si mesmo naquela que foi a última volta rápida para garantir a Pole. Os Mercedes nunca conseguiram, de facto, estar ao nível da equipa Transalpina e o resultado até foi pior do esperado, com Bottas a se posicionar à frente do inglês. 

Sem argumentos para contrariar o favoritismo Italiano, a Red Bull conquistou o quinto e sexto postos, com Verstappen a ser melhor que Ricciardo. Depois do fim-de-semana caótico do Bahrain, a Red Bull não está até ao momento a ter razões para sorrir, os mecânicos tiveram de mudar o sistema de energia do monolugar do australiano, a tempo de iniciar a Q1. 

No resto do Top 10, destaque para a Renault a conquistar o sétimo e nono lugares, com Hulkenberg a ser o melhor dos franceses. Sergio Perez num Force India alcançou o oitavo lugar e Grosjean a fechar o Top 10, com a Haas. 

Sebastian Vettel conquista a sua 52ª Pole numa volta canhão, a destronar Raikkonen, e a deixar o melhor Mercedes a mais de meio segundo. Dobradinha Italiana sem espinhas, a deixar os Germânicos em alerta vermelho, pois a Ferrari é e está superior e 14 anos depois, volta a conquistar o primeiro lugar da grelha em Xangai.

Foto de Capa: Fórmula 1 

Comentários