Cabeçalho modalidadesÀ partida para este GP dos Estados Unidos da América, a calculadora é sem dúvida o melhor instrumento para vibrar e sentir que a luta pelo título entre Hamilton e Vettel pode estar já na corrida de amanhã em Austin. Se por um lado Hamilton poderá ganhar e Vettel ficar abaixo do 5º lugar e sagrar-se campeão, por outro, o alemão da Ferrari mostrou-se bastante competitivo na qualificação e poderemos contar com uma primeira linha autenticamente de campeões, onde Sebastian fará de tudo para adiar a decisão pelo menos para o México.

Os treinos livres de Austin demonstraram que Hamilton continua com um ritmo bastante elevado, ao passe que Vettel voltou a ter problemas no monolugar, ao ponto da equipa decidir mudar o chassis para a 3ª sessão de treinos livres em diante. Os resultados felizmente para os Italianos que acertaram em cheio e o alemão voltou à sua performance natural.

O inglês dominou todas as sessões de treinos livres, com destaque para a transferência de Carlos Sainz da Toro Rosso para a equipa Renault. Os Red Bull aparentaram estar com um ritmo estável talvez ao ponto de incomodar Bottas. Na Ferrari, Raikkonen assumiu que não se importa com as críticas e revelou que está bastante satisfeito com o seu andamento.

Legenda: Massa poderá terminar de vez a carreira na F1, já que Kubica é iminente na Williams Fonte: F1
 Massa poderá terminar de vez a carreira na F1, já que Kubica é iminente na Williams
Fonte: F1

Em relação à qualificação, nada de novo, Hamilton conquistou mais uma Pole, a 72ª da carreira e a 11ª da presente temporada. A seu lado terá Vettel, numa primeira linha de campeões, com Bottas na 3ª posição e Ricciardo em 4º, já Raikkonen partirá do 5º posto ao passe que Verstappen, devido a uma penalização de 15 lugares, partirá da última posição da grelha, o que será expectante ver que corrida fará o holandês. Destaque ainda para os Force India e para a Mclaren. Em fim de contracto com o fornecedor Honda, parece que foi necessário o mesmo terminar para que começasse a ter desempenhos notórios e evolutivos.

Por culpa da Ferrari, a decisão do campeonato pode ficar concluída na corrida deste domingo, após três desaires consecutivos dos transalpinos, Hamilton poderá conquistar o seu 4º título mundial. No entanto, Vettel acertou na muche e tem ritmo para vencer as corridas que faltam e terá de aguardar por desaires do inglês. Raikkonen e Bottas farão papéis de escudeiros e a Red Bull poderá ajudar à festa. O melhor é agarrar-se à calculadora.

Foto de Capa: F1

Comentários