SITE TEMPORÁRIO

24 de Janeiro, 2022

Duas consecutivas para Dovizioso, pneus voltaram a ser protagonistas

Cabeçalho modalidadesUns dizem que os novos pneus da Michelin favorecem a Ducati, outros que favorecem os pilotos menos pesados devido à aderência, é certo que não tem existido um contentamento generalizado e tem sido cada vez mais complicado correr, sem pensar em não poupar os pneus para alguns momentos cruciais da corrida.

Mas realmente quem tem aproveitado tem sido a Ducati, mais concretamente o Dovizioso, que após vencer em Itália, voltou a vencer agora na Catalunha. Com isso, passou a ter 104 pontos e mantem-se em segundo lugar do mundial em luta com Viñales (111 pontos), passando Márquez em terceiro com 88 pontos, Pedrosa quarto com 84 e Rossi quinto com 83.

Isto ao fim de uma corrida que logo de início teve um momento de cortar a respiração, Petrucci arranca mal, tenta fechar e acaba por tocar na moto de Márquez, em que por sorte, conseguiram ficar os dois em pista.

Várias lutas ao longo deste grande premio da Catalunha Fonte: Moto GP
Várias lutas ao longo deste grande premio da Catalunha
Fonte: Moto GP

Márquez, parecia determinado em ser o único a querer desde início lutar com a faca nos dentes, como lhe é característico ao contrário de todos os outros que se preocupavam em poupar os pneus. Ao fim da primeira volta, Lorenzo estava de forma surpreendente a liderar a corrida, mas perante a pressão de Márquez, cometeu um erro, um erro que o destabilizou, pois numa volta perdeu vários lugares.

Márquez perdeu a liderança para Pedrosa que se notava ser, juntamente com Dovizioso, os mais à vontade em pista. Por isso poucas voltas bastaram para ser uma luta entre os dois para ver quem liderava. E a 10 voltas do fim, os 5 primeiros do campeonato mundial estavam em posições bem distintas, Pedrosa liderava, no entanto, Dovizioso percebia-se que estava apenas à espera do momento certo para o passar. Márquez era terceiro, Rossi tentava ultrapassar Lorenzo pelo 8º lugar e Viñales não conseguia melhor que um 14º lugar até ao momento.

MotoGP em desenhos manga Fonte: Moto GP
MotoGP em desenhos manga
Fonte: Moto GP

Até que começou o desgaste dos pneus, e com isso Dovizioso passa para a liderança, Márquez ultrapassa Pedrosa, e Lorenzo voltava a sentir mais confiante e a subir na tabela. Petrucci, cai a duas voltas do fim e acabava com uma bela corrida em que lutava pelo quarto lugar.

O top 3 acaba por ficar sem nenhuma alteração, Lorenzo consegue chegar ao quarto lugar, Rossi acabou em oitavo e Viñales acabou em 10º.

Miguel Oliveira novamente em grande destaque Fonte: Moto GP
Miguel Oliveira novamente em grande destaque
Fonte: Moto GP

Em Moto2, Miguel Oliveira voltou a ter uma belíssima prestação ficando em 4º, a poucos segundos de Luthi, Pasini em segundo e o vencedor Alex Márquez. Na classificação geral, o português mantem o 4º lugar com 83 pontos, agora com menos 20 de Márquez, menos 33 pontos que Luthi e com menos 40 pontos que o líder, Morbidelli.

Foto de Capa: Moto GP