Anúncio Publicitário
Anterior1 de 3

GP emilia o troço da GP, artigo do bola na rede sobre o GP

GP emilia

A CORRIDA: GRAZIE, VALENTINO ROSSI

Nesta corrida que iria decidir o novo campeão de MotoGP, as atenções encontravam-se divididas devido a este Grande Prémio de Emilia Romagna marcar o adeus da lenda italiana de motociclismo de terrenos italianos, Valentino Rossi no seu circuito predileto encerraria assim as suas presenças no Misano World Circuit.  GP emilia

Quem conseguiu o holeshot foi Pecco Bagnaia como seria de esperar e o piloto português da KTM conseguiu um ótimo arranque assumindo por breves momentos a 3ª posição logo no início da corrida.

Anúncio Publicitário

A primeira queda da corrida envolveu dois pilotos, na curva dois, setor um, sendo eles o campeão em título Joan Mir e Danilo Petrucci, que viram a sua participação neste GP terminada ainda numa fase inicial. GP emilia

As bandeiras amarelas foram novamente exibidas no setor número quatro com queda de Jack Miller que até ao momento se estava a dedicar a “tapar” o caminho a Marc Márquez, que perseguia insistentemente Francesco Bagnaia na esperança de alcançar a liderança da corrida.

Com o decorrer da corrida as lutas pelos quatro primeiros lugares foi se mantendo muito intensa, estando Miguel Oliveira na luta por um lugar no pódio.

Novamente bandeiras amarelas no setor quatro com outra queda, desta vez do nipónico Takaaki Nakagami, totalizando a quarta queda nesta corrida. GP emilia

Álex Márquez teve de abandonar a corrida devido ao que aparentemente pareciam problemas mecânicos na sua Honda e posteriormente nova queda de outro piloto, na curva número um do setor um por parte do espanhol Iker Lecuona que já se sabe que no próximo ano já não correrá na categoria rainha, curva esta que fez igualmente cair o rookie espanhol da Pramac Racing, Jorge Martin.

Brad Binder recebeu uma penalização de long lap penalty por infringir os limites de pista, comportamento esse repetido por vários pilotos. GP emilia

Fabio Quartararo foi trepando cautelosamente na classificação, com o objetivo de chegar a posições que lhe permitissem pontuar e conquistar o título.

Este GP até ao final foi uma espécie de repetição do GP de Aragão com o italiano da Lenovo Racing Team a aguentar a pressão de Marc Márquez quase até ao final.

O paddock da Ducati gelou com a queda de Francesco Bagnaia na gravilha da última curva, tendo o Miguel Oliveira caído também num dos melhores fins de semana desta temporada, com bandeiras amarelas a serem mostradas no setor número quatro.

Como o azar de uns é a sorte de outros, os franceses e a Yamaha puderam celebrar o título de Campeão Mundial, sendo o El Diablo o primeiro campeão francês na categoria rainha do motociclismo.

Marc Márquez venceu a corrida de forma saborosa depois de toda a luta que deu sem nunca desistir, celebrando à passagem da meta mostrando o seu músculo do braço, fazendo uma alegoria à força mental e física que teve de fazer para obter este resultado.

O resto do pódio ficou composto com Pol Espargaró na segunda posição e Enea Bastianini no terceiro lugar. GP emilia

Foto de Capa: MotoGP

Anterior1 de 3

Anúncio Publicitário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome