logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

GP Japão MotoGP

GP Japão: Passeio no parque para Miller

modalidades cabeçalho

A CORRIDA: DESPEDIDA DA SUZUKI MANCHADA DE FRUSTRAÇÃO

Um início de corrida intenso com bastantes trocas de posição, especialmente para os dois pilotos da KTM, Miguel Oliveira conseguiu chegar ao quarto lugar e Brad Binder à primeira posição da corrida no Japão.

Quem não se saiu tão bem quanto era esperado foi Marc Márquez que teve um início de corrida com alguma dificuldade depois da troca de um pneu em plena grelha de partida, acabando por descer de primeiro para quinto lugar.

Aleix Espargaró teve um problema na sua moto e necessitou de ir ao pitlane trocar para a sua segunda moto, ainda antes do início do Grande Prémio.

Na quinta volta e depois de já ter registado uma volta mais rápida da corrida, Miguel Oliveira ultrapassou o colega e atingiu a terceira posição, focando as suas atenções doravante em Jorge Martin que rodava com uma vantagem de dois segundos.

Na décima volta deste Grande Prémio do Japão foram mostradas bandeiras amarelas pela primeira vez após uma queda de Tetsuta Nagashima na curva dois, o que forçou o abandono do wild-card no twin ring Motegi.

Depois de um jogo de paciência algo demorado, Enea Bastianini conseguiu consumar a ultrapassagem ao seu rival da última corrida, Francesco Bagnaia.

Pouco tempo depois novo momento de bandeiras amarelas, no segundo setor com Takuya Tsuda, piloto que substituía Joan Mir, ver a sua moto a arder tendo de abandonar a prova para desalento da box da Suzuki Ecstar Racing.

De seguida, foi Darryn Binder que caiu no terceiro setor.

A dez voltas do final da prova no Japão, Jack Miller já rodava com quatro segundos de vantagem para Jorge Martin, sem grandes preocupações.

Alex Rins teve de abandonar o GP do Japão apesar de não ter caído, provavelmente por ter sentido algum problema na sua moto, acabando por ser uma corrida de despedida dececionante para a Suzuki, no seu circuito caseiro.

Vários pilotos foram recebendo avisos de limites de pista nas voltas finais e a três voltas do final Márquez ultrapassou Miguel Oliveira, pela quarta posição, num belíssimo momento de coragem entre os dois pilotos.

Francesco Bagnaia perdeu a frente da sua moto no primeiro setor na última volta da corrida num momento em que rodava na perseguição de Fabio Quartararo.

Até ao final da corrida as posições da frente não sofreram alterações, com o pódio final a ser constituído pelo vencedor Jack Miller, em segundo Brad Binder e em terceiro Jorge Martin.

Já o piloto que arrancou da pole Marc Márquez terminou em quarto, um lugar à frente dum sólido quinto lugar do piloto português Miguel Oliveira que protagonizou mais um dos seus arranques canhão a que nos tem vindo a habituar.

Relativamente à classificação geral nenhum dos perseguidores Bagnaia e Aleix conseguiram aproximar-se do piloto francês, apesar de Quartararo ter feito mais uma corrida pouco satisfatória para as suas aspirações pessoais de revalidar o título mundial.

PILOTO DO DIA:


Jack Miller – Depois de uma última corrida dececionante, o piloto australiano conseguiu assumir a liderança desde cedo e praticamente só teve de esperar pelo fim de corrida dado ao ritmo que impôs para com a concorrência.

 

DESILUSÃO DO DIA:

Francesco Bagnaia – Não teve uma corrida muito conseguida e acabou por desperdiçar todo o trabalho ao cair na última volta, desperdiçando mais uma oportunidade de pontuar.

O Henrique adora ver futebol, seja o tradicional futebol de 11, futebol de praia, futsal ou até uma simples peladinha entre amadores.

O Henrique adora ver futebol, seja o tradicional futebol de 11, futebol de praia, futsal ou até uma simples peladinha entre amadores.

FC PORTO vs CD TONDELA