logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Miguel Oliveira KTM

GP Tailândia: Nova vitória do mestre da chuva

modalidades cabeçalho

A CORRIDA: DUCATI PRESSIONA QUARTARARO

O Grande Prémio em Buriram, na Tailândia, teve o seu início adiado devido à existência de chuva, com o safety car BMW M3 Touring a percorrer o traçado repetidas vezes à espera que a mesma abrandasse e o piso estivesse suficientemente seco para poder dar início à corrida de forma segura.

Foi dada a informação que a corrida iria ter o seu início marcado para as nove e cinquenta e cinco de Portugal, ou seja, praticamente uma hora depois do que estava previsto.

A corrida foi declarada como molhada, pelo que os pilotos receberam autorização para trocarem de moto. O debate no grid entre os pilotos era o do costume nestas situações, há sempre os pilotos que gostam e beneficiam de correr com chuva e os que não querem arriscar a pilotar nestas condições.

Conforme previsto, o GP da Tailândia iniciou-se à nova hora com uma duração de vinte cinco voltas, em vez das vinte seis designadas anteriormente.

Arranque decente para a maioria dos pilotos num mar visual carregado de spray, com dois deles a alargarem demasiado a sua trajetória.

Miguel Oliveira conseguiu na terceira volta subir à quarta posição com uma pilotagem fabulosa nas condições que tanto adora, com Fabio Quartararo foi para décimo sexto, com um arranque péssimo para as aspirações do francês.

Marco Bezzechi foi um dos pilotos que excedeu os limites de pista logo no arranque e recebeu indicação para devolver uma posição, deixando passar Jack Miller.

A primeira situação de bandeiras amarelas da corrida foi no terceiro e quarto setores, após queda de Luca Marini quando o piloto italiano da Mooney VR46 Racing Team se encontrava a disputar a quarta posição com Miguel Oliveira.

A registar constantemente voltas mais rápidas, o “Falcão da Charneca” foi pulverizando a concorrência e conseguiu alcançar com relativa facilidade o segundo lugar, assumindo a perseguição pela liderança da corrida que pertencia a Miller.

Aleix Espargaró que rodava na décima posição, foi avisado para cumprir uma long lap penalty devido ao toque que deu em Brad Binder numa fase ainda precoce do GP.

Nova queda na curva com bandeiras amarelas a serem mostradas no primeiro setor, sinalizando o abandono de Remy Gardner, piloto que para o ano pertencerá aos quadros do mundial de Superbike.

A dez voltas da bandeira axadrezada, Miguel Oliveira conseguiu finalmente consumar a ultrapassagem a Miller pela liderança na Tailândia, numa batalha exigente com uma Ducati que como todos sabem é um autêntico foguete.

Uma corrida muito intensa até final com Quartararo sempre fora dos pontos e a deixar a luta pelo campeonato completamente viva e a três.

À entrada para a última volta, Miguel Oliveira entrou com meio segundo de vantagem para Miller e conquistou categoricamente a segunda vitória da temporada.

O pódio da Tailândia ficou fechado com Miguel Oliveira, Jack Miller e Pecco Bagnaia.

Uma nota pessoal sobre a cobertura televisiva desta e outras corridas por parte da organização, é uma falta de profissionalismo e de respeito passarem quase a totalidade da corrida a filmar praticamente todos os pilotos menos o Miguel, num espaço televisivo com a obrigação de ser imparcial.

Continua a carregar a bandeira de Portugal bem alto por todo o mundo e a orgulhar os portugueses, Miguel!

 

PILOTO DO DIA:


Miguel Oliveira – O piloto português da KTM deu uma autêntica aula de pilotagem em piso molhado, rodando a alto ritmo durante toda a prova numa exibição desprovida de erros.

 

 

DESILUSÃO DO DIA:

Marco Bezzecchi – Depois de ter conquistado surpreendentemente a pole position para a corrida de hoje, o piloto italiano protagonizou uma corrida desastrosa e acabou na décima sexta posição.

O Henrique adora ver futebol, seja o tradicional futebol de 11, futebol de praia, futsal ou até uma simples peladinha entre amadores.

O Henrique adora ver futebol, seja o tradicional futebol de 11, futebol de praia, futsal ou até uma simples peladinha entre amadores.

FC PORTO vs CD TONDELA