Yamaha, o que vem a seguir?

    - Advertisement -

    A Yamaha chega a 2021 com os mesmos pilotos de 2020, mas Valentino Rossi “desce” à Petronas Yamaha e Fabio Quartararo ocupa o lugar do italiano, ao lado de Maverick Viñales, na Yamaha oficial. Mudanças de pilotos, numa moto que não vence o campeonato desde 2015.

    Jorge Lorenzo foi o último campeão com a Yamaha, em 2015
    Fonte: Yamaha MotoGP

    Assim, podemos mesmo dizer que uma mudança é necessária. Rossi está a envelhecer, a verdade é essa, mas Viñales também não tem conseguido achar o tão desejado ‘clique’ para que se possa fazer alguma coisa. Problemas no motor da moto de 2020, que obrigou até a uma redução de rotações para que este durasse até ao final da temporada, e o “YamahaGate” colocaram mais pressão na YZF R1 de 2020.

    O único piloto que se safou, foi o “esquecido pela fábrica”, Franco Morbidelli. Com uma moto de 2019 e um chefe chamado Ramon Forcada (que trabalhou com Jorge Lorenzo e também Maverick Viñales), os dois fizeram maravilhas e mostraram que a direção tomada em 2020 não foi a melhor.

    A Yamaha YZF R1 de 2019 foi a melhor classificada em 2020. Morbidelli foi muito ajudado por Ramon Forcada, antigo chefe de Jorge Lorenzo e Maverick Viñales
    Fonte: Petronas SRT

    Agora, em 2021, é tempo de começar a preparar o futuro. Na apresentação da nova dupla da Yamaha oficial, o diretor da Yamaha, Lin Jarvis, afirmou que «temos estes jovens pilotos, que são rápidos, e que têm todo o potencial para vencer. Por isso, estamos entusiasmados e isto é definitivamente uma mudança de geração, que espero que funcione bem».

    Para além dos problemas de motor, a Yamaha continua a ser das motos mais lentas do pelotão. Assim sendo, para 2021, sem poder trabalhar no motor, a Yamaha tem de fazer mais com a eletrónica. É tempo de Quartararo e Viñales fazerem o que Rossi e Lorenzo fizeram há uns anos. Apesar de a relação por vezes não ter sido a melhor, a dupla foi sempre entendendo e melhorando a R1. Agora, espero, pelo menos eu, que Viñales e Quartararo façam o mesmo.

    Quanto a Rossi, este “desce” um patamar, mas o seu feedback será sempre bem-vindo, já que Morbidelli parece que não vai ter a moto atual. Ainda não se sabe se Morbidelli e Ramon Forcada vão continuar com a de 2019, já que certamente não vão querer a de 2020…

    Foto de Capa: Yamaha MotoGP

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Saúl Ñíguez pode mudar de clube em Espanha

    O médio espanhol Saúl Ñíguez pode estar perto de...

    Volte-face nas negociações por Nicolò Zaniolo

    O jogador italiano Nicolò Zaniolo está agora mais perto...

    Promessa belga oficializada no Dortmund

    O BVB Dortmund anunciou a contratação do jovem prodígio...

    O alvo de Mourinho para reforçar a defesa da AS Roma

    Com a saída de Karsdorp cada vez mais iminente,...
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Bola na Rede